Roubo de óleo diesel pode ter causado acidente que vitimou um caminhoneiro em Simões Filho

O acidente aconteceu na noite desta sexta-feira em Simões Filho.

Autor: Redação

Publicada em


Foto: Simões Filho Online

Um caminhoneiro, de 54 anos, identificado como João Batista Lucas morreu em um grave acidente nas imediações do bairro Coroa da Lagoa, em Simões Filho, na região metropolitana de salvador (RMS), na noite desta sexta-feira (09/11).

Foto: Simões Filho Online

De acordo com informações obtidas com exclusividade pelo SIMÕES FILHO ONLINE, João estaria iniciando uma viagem para o município de Feira de Santana quando aconteceu a fatalidade.

Segundo os familiares da vítima, o caminhão estava estacionado em frente da Escola Municipal Diácono Fernando Britto quando João e mais duas pessoas embarcaram no sentido de iniciar a viagem. Alguns metros após a saída o caminhão parou e o motorista resolveu verificar o que poderia ter acontecido.

Ainda conforme os familiares, o motorista chegou a constatar que o veículo estava sem óleo diesel e concluído que o combustível havia sido roubado, já que o caminhão tinha sido abastecido horas antes.

Enquanto ainda estava em cima do motor, o veículo desengrenou e começou a descer a ladeira. Os outros dois ocupantes que no momento estavam auxiliando João conseguiram escapar, mas ele não pulou a tempo e acabou sendo arremessado junto com o caminhão ribanceira a baixo, em cima de uma garagem.

Assustados, os moradores contaram a reportagem do SIMÕES FILHO ONLINE, que o silêncio da noite foi interrompido por um forte barulho e gritos de pessoas que estavam na Rua.

A vítima chegou a ser socorrida ao Hospital Municipal de Simões Filho, mas não resistiu aos ferimentos. Ele deixa esposa e uma filha.

Com impacto da batida, o teto da garagem acabou caindo e arranhou parte de um veículo modelo Hilux. O caminhão continua no local, aguardando remoção. Agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), sinalizaram parte da Avenida Elmo Serejo de Farias, no trecho do acidente.

O corpo de João Batista foi encaminhado para o Instituto Médico legal Nina Rodrigues, na capital baiana, em seguida, deve ser liberado aos familiares para o sepultamento.