Rui autoriza construção de policlínica em Simões Filho – Saiba onde ficará unidade de saúde

O novo equipamento vai custar cerca de R$ 20 milhões bancados pelo Estado.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Foi autorizada pelo governador Rui Costa, nesta terça-feira (17), a construção de uma Policlínica Regional de Saúde em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O novo equipamento vai atender quase 1 milhão pessoas na RMS.

A unidade de saúde, que será construída em um terreno às margens da BR-324, em Simões Filho, ofertará consultas especializadas com médicos angiologistas, cardiologistas, endocrinologistas, mastologistas, neurologistas, otorrinolaringologistas, oftalmologistas, urologistas, clínicos, gastroenterologistas, ginecologistas e obstetras, traumatologistas-ortopedistas e cirurgiões gerais.

Também serão oferecidos, de forma gratuita, exames de média e alta complexidades, como ressonâncias magnéticas, tomografias computadorizadas, mapas, ecocardiogramas, eletrocardiogramas, eletroencefalogramas, endoscopia digestiva e respiratória, ultrassonografias, radiografias, audiometrias, ECG, mamografias, testes ergométricos e biópsias.

O Governado Rui Costa garantiu que o equipamento vai melhorar a qualidade no atendimento. “Estamos construindo um novo marco da saúde pública na Bahia, pensada, planejada e executada de forma coletiva, por cada região, garantindo qualidade de atendimento e rapidez a um custo mais baixo para os municípios”, afirmou Rui.

O prefeito Diógenes Tolentino também participou da cerimônia que aconteceu na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).  “[A escolha] só comprova a capacidade que Simões Filho tem, não só do ponto de vista estratégico por ser cortada pela BR-324, mas de poder atrair outros benefícios e incentivos que contribuirão para o seu crescimento e desenvolvimento. É isso que o povo de Simões Filho espera do governo do Estado, e, se depender de mim, iremos buscar mais conquistas como essa para a nossa boa terra e para a nossa boa gente”, comemorou Dinha.

De acordo com o Governo do Estado, a Policlínica atenderá pacientes de Simões Filho e de mais 11 municípios pertencentes à Região Metropolitana de Salvador (RMS) – Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé e Vera Cruz –, além de Santo Amaro e Conde, municípios que integram também o Território de Identidade Litoral Norte.

O equipamento tem previsão de custo de cerca de R$ 20 milhões, recursos que serão bancados pelo Estado, mas a sua gestão será realizada de forma compartilhada através de um consórcio formado pelas cidades conveniadas. Do custo total de manutenção, o governo da Bahia entra com 40% de contrapartida e os municípios consorciados com 60%.

Dinha estava acompanhado do presidente da Câmara Municipal, Genivaldo Lima, e dos vereadores Vel e Del, além da secretária municipal de Saúde, Maria Bethânia.