Salvador dará R$ 270 aos ambulantes, feirantes e outros: saiba quem pode receber

Autor: Redação

Publicada em


Salvador dará R$ 270 aos ambulantes, feirantes e outros: saiba quem pode receber
Salvador dará R$ 270 aos ambulantes, feirantes e outros: saiba quem pode receber

Salvador dará R$ 270 aos ambulantes, feirantes e outros: saiba quem pode receber.

O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou, nesta segunda-feira (30/03), R$ 105 milhões em ajuda para os trabalhadores informais de Salvador (BA), impactados pelo isolamento social por causa do coronavírus.

Ao todo, serão R$ 270 por mês e mais de 190 mil pessoas serão beneficiadas. O investimento é de aproximadamente R$ 270 milhões. “A família não pode passar fome. Por isso, antecipamos esta ação de combate ao coronavírus e em apoio a essas pessoas que virão a sofrer com esta situação. Vamos garantir o pão de cada dia dessas famílias”, discursou ACM Neto.

Veja mais: Saiba o que é preciso fazer para receber até R$ 1.200 que será pago a quem não tem carteira assinada

Quem terá direito?

  • ambulantes
  • feirantes
  • guardadores de carro
  • recicladores
  • motoristas de aplicativo (com idade acima dos 60 anos)
  • taxistas (com idade acima dos 60 anos) serão ajudados

Segundo a prefeitura, 20.485 trabalhadores já estão cadastrados pelo município. Do total, 12 mil são ambulantes, feirantes, barraqueiros e camelôs; 622 são guardadores de carro; 1.290 baleiros; 646 baianas de acarajé e 334 recicladores.

Além deles, o benefício será voltado para 400 pessoas que recebem o auxílio aluguel da prefeitura por serem população em situação de rua, estarem em estado de vulnerabilidade ou que não são contempladas pelo Bolsa Família.

Também receberão o benefício 3.639 taxistas e auxiliares de taxistas; mototaxistas acima de 60 anos e 1.554 motoristas de aplicativos, todos com idade acima de 60 anos.

Quando começa o pagamento?

O pagamento já se inicia a partir da próxima semana. Os beneficiários cadastrados pela Prefeitura de Salvador vão ter benefício mensal no prazo de três meses. Quem não estiver cadastrado e deseja reivindicar o auxílio, deve fazer a solicitação junto à respectiva secretaria, comprovando não ter nenhuma outra renda e atuação no comércio informal.

O prazo, pontuou ACM Neto, pode ser prorrogado se a crise perdurar. “O montante foi calculado para contemplar a compra de gás de cozinha (R$70) e na compra de duas cestas básicas (R$200)”, ressaltou o vice-prefeito Bruno Reis.

Como receber

Todos esses profissionais estão cadastrados na Prefeitura, em secretarias como Ordem Pública (Semop), Mobilidade (Semob) e Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre). Eles serão avisados que possuem direito ao benefício do Salvador por Todos, podendo sacar os valores já a partir da semana que vem, em data e cronograma a ser anunciada pela Sempre.

Segundo a titular da Sempre, Ana Paula Matos, o benefício poderá ser sacado em lotéricas e agências da Caixa Econômica Federal. Quem tem o cartão do programa Primeiro Passo poderá utilizá-lo para efetuar os saques. Quem não tem o cartão municipal deve comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal ou lotérica com documento de identidade e CPF para fazer a retirada no primeiro mês. A partir do segundo mês, o saque será apenas com o uso do cartão.