Salvador é a cidade do País com maior número de fraudes do Bolsa Família

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Mais de 500 mil funcionários públicos receberam indevidamente o Bolsa Família nos últimos anos, segundo levantamento do Ministério Público Federal. Essa fraude descoberta pelo já soma mais de R$ 2,5 bilhões e a cidade onde há mais casos de beneficiários que tinham acesso ao Bolsa Família de forma irregular é Salvador. Em seguida vem Brasília, João Pessoa, Manaus e Recife.

O Ministério Público cobrou uma fiscalização rigorosa do governo federal. A investigação levou em conta o cruzamento de dados da Receita Federal, de Tribunais de Contas, do TSE e do Ministério do Desenvolvimento Social, que é responsável pelo Bolsa Família. Para ter dimensão do tamanho do rombo gerado pela fraude, o programa pagou mais de R$ 2,5 bilhões entre 2013 e 2014 a quem não tinha direito, cerca de 4% do total do programa.