Salvador registra cinco casos suspeitos de coronavírus

Autor: Aratu On

Publicada em


Salvador registra cinco casos suspeitos de coronavírus
Salvador registra cinco casos suspeitos de coronavírus

Salvador registra cinco casos suspeitos de coronavírus.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Salvador (BA) recebeu a notificação de cinco casos suspeitos de Covid-19 (coronavírus) na capital baiana. Os pacientes que apresentaram sintomas respiratórios leves estiveram recentemente em países que têm a circulação do vírus, de acordo com a nova lista divulgada pelo Ministério da Saúde.

Esses pacientes seguem monitorados pelas equipes da Vigilância Epidemiológica e os protocolos de isolamento já foram aplicados de maneira preventiva. Amostras laboratoriais também foram coletadas para confirmar ou afastar o diagnóstico de Covid-19, bem como, a causa dos sintomas respiratórios dos pacientes suspeitos. Os materiais coletados foram encaminhados para o Laboratório Central do Estado.

Uma das ocorrências suspeitas – uma mulher de 42 anos – foi registrada na tarde desta quinta-feira (27/2) no Pronto Atendimento Alfredo Bureau, no Marback. A paciente, que viajou há pouco tempo para Itália, encontra-se com o quadro clínico estável.

SEM PÂNICO

De acordo com a assessora técnica do Samu Metropolitano de Salvador, Adielma Nizarala, não há motivos para pânico. “Os pacientes suspeitos estão com sintomas respiratórios leves e as notificações foram realizadas por conta dos mesmos terem passagens recentes em localidades onde há a circulação do Covid-19. Portanto não há nenhuma confirmação de coronavírus ou motivo para pânico em nossa cidade”.

Ainda conforme Adielma, as medidas definidas no fluxograma para acolhimento de indivíduos sintomáticos foram adotadas e os pacientes seguirão em isolamento domiciliar, que é o recomendado pelo Ministério da Saúde para casos leves.

Por meio de nota, a SMS informou que publicou uma portaria que viabilizou a ampliação da oferta de leitos de isolamento nas enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva (UTI) de hospitais conveniados com a Prefeitura. Os hospitais receberão um aporte extra caso haja utilização dos leitos, para garantir o suporte clínico a possíveis pacientes diagnosticados com o novo coronavírus e que apresentarem evolução para quadro clínico grave.

Fonte: Aratu On