Explosão na Refinaria Landulpho Alves deixa 3 pessoas em estado grave

Acidente na Refinaria Landulfo Alves, Mataripe, deixou três pessoas feridas em estado grave

Autor:

Publicada em


Uma explosão em um dos tanques de gás da Refinaria Landulpho Alves (RLAM), no município de São Francisco do Conde, na tarde deste domingo, 18, deixou três funcionários da empresa gravemente feridos.

 

Segundo informações fornecidas por sindicalistas, o caldereiro alpinista de prenome José Adailton, de Salvador, está em estado grave com queimaduras em 70% do corpo e fratura exposta na perna esquerda. Seu colega Jonas Campos Leal, de Madre de Deus, teve queimaduras em 25% do corpo. Ambos estão no Hospital Medicina Humana, em Candeias. A observadora Jucineide de Jesus Cruz, de São Francisco do Conde, teve queimaduras em 10% do corpo (rosto) e corte na cabeça. Ela foi transferida na noite deste domingo para um hospital de Salvador, ainda não informado, para realizar exames neurológicos. A explosão, além do fogo, gerou deslocamento do ar que projetou os trabalhadores e trabalhadora contra outras estruturas.

 

 

De acordo com informações fornecidas pelo diretor do sindicato dos terceirizados da RLAM, Antonio Raimundo Silva Santos, conhecido como “Loteba”, a caldeira teria entrado em combustão quando uma faísca entrou em contato com resquícios de nitrogênio. O gás deveria ter sido totalmente retirado para o procedimento de limpeza, mas a quantidade remanescente causou combustão.