Simões Filho: “Faça Uma Criança Feliz” – Terceiro dia é marcado por muita alegria, capoeira e emoção

Autor: Informe Notícias

Publicada em


O terceiro dia de atividades da campanha solidária “Faça Uma Criança Feliz” promovido pela 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), em Simões Filho foi marcado por muita alegria e acima de tudo emoção.

Além das atividades normais propostas para os três dias de programação, nesta quarta-feira (19) o evento contou com a participação da Associação de Capoeira Cultural, que desenvolve um projeto social junto ás crianças do bairro Ponto Parada e adjacências, sob a coordenação do mestre de capoeira Del.

Na oportunidade, as crianças que entregam o núcleo da Associação Cultural se apresentaram fazendo uma imensa roda de capoeira e alguns oficiais da PM acabaram também entrando na brincadeira e arriscando alguns golpes.

Outro fato marcante que tornou o dia ainda mais especial foi a presença do garoto “Pedrinho”, uma criança de apenas 8 anos de idade, portadora de necessidades especiais que demonstra verdadeiro amor pelo trabalho da Polícia Militar.

Autoridades municipais como o vice-prefeito Sid Serra também estiveram no quartel para prestigiar o terceiro dia da semana natalina. A ação contou com apoio da Prefeitura Municipal, entidades religiosas, empresários locais e a sociedade civil.

A campanha “Faça Uma Criança Feliz” se tornou referência em toda a cidade. O Sucesso da ação foi tão além do esperado que, a principio, os organizadores do evento trabalhavam com a estimativa de atender 300 crianças, mas até o final a tarde de ontem cerca de 450 crianças participaram das atividades recreativas com sessão de cinema, visita do Papai Noel e entrega de brinquedos no quartel da 22ª CIPM.

Em entrevista à imprensa local, o oficial e assessor de comunicação da corporação, Tenente Bastos, declarou o quão gratificante tem sido realizar a atividade e ver o sucesso da ação social

“A partir de projetos como este a gente consegue mudar a visão que as pessoas têm sobre a PM. Eu recebi depoimentos aqui de crianças que antes tinham medo da Polícia Militar e hoje elas chamam a gente de tio. Isso é muito importante para a gente, essa mudança cultural da visão da Policia Militar. A PM existe para garantir a ordem, mas existe também para ser amiga da comunidade trazendo segurança e alegria para as pessoas”.

Bastante emocionado, Bastos revelou o lado humano da Polícia Militar que se preocupa em estender uma mão amiga à comunidade, com o objetivo de oferecer mais oportunidade a quem realmente necessita de assistência.

“Não tem como não se emocionar. É muito gratificante a gente poder perceber a alegria e o carinho das pessoas, podendo oferecer o nosso melhor. Eu acho que esse deve ser o objetivo de cada ser humano, de cada homem, de cada mulher, sempre fazer o melhor, independente de sua função. Assim como existem pessoas que não têm condições, a gente poderia não ter tido e ajudar a quem tem alguma dificuldade a ser um pouco mais feliz, isso não tem preço”, disse ele.

Após o encerramento das atividades no quartel, os policias, juntamente com o seu comandante, Major Fábio Dias ainda farão, nesta quinta-feira (20) a Ronda Natalina, que consiste em visitar comunidades carentes para a distribuição de panetones e cestas básicas.

Do Informe Notícias***