Segunda etapa do Mutirão de Cirurgias já começou; Saiba como participar

Autor:

Publicada em


FOTO: Reprodução SECOM

Depois de pouco mais de um ano de ação em todas as regiões da Bahia e mais de 14 mil procedimentos cirúrgicos realizados, foi lançada, nesta terça-feira (24), pelo governador Rui Costa, a segunda etapa do Mutirão de Cirurgias Eletivas, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A meta é realizar dez mil cirurgias até dezembro deste ano.

A nova etapa do projeto já começa nesta quarta-feira (25), em Dias D’Ávila, com a realização de consultas e exames pré-operatórios. Na sexta-feira (27), o hospital municipal começa a abrigar os procedimentos cirúrgicos do mutirão.

“Identificamos, na Bahia, uma demanda de outras cirurgias que não ofertamos na primeira etapa do mutirão. Por isso, nesta segunda etapa, além das cirurgias de retirada de hérnia, vesícula e útero, por exemplo, ofertaremos também cirurgias de tireóide, com a realização da tireoidectomia, dentre outras”, detalhou o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

Outra novidade da segunda etapa é a inclusão de cirurgias pediátricas, para pacientes de 4 a 13 anos. Nas crianças, serão executados procedimentos nas amígdalas, em casos de amigdalite com adenoide, e, ainda, hernioplastias e retossigmoidectomia.

Como participar dos Mutirão que acontece de 25 a 27/4 em Dias D’ávila

O paciente que possui alguma dessas patologias cirúrgicas citadas acima e deseja participar do Mutirão deve se dirigir ao  Caminhão de atendimento que estar estacionado na  Praça do Rio Imbassaí, localizada no Centro de Dias D’Ávila, cujo atendimento teve início nesta quarta-feira (25/4) e seguirá até a sexta-feira (27). No local será realizada uma triagem e posteriormente os pacientes serão encaminhados para cirurgia.

Além dos pacientes de Dias D’Àvila, pacientes de Simões Filho, Mata de São João, Camaçari, Pojuca, e dos demais municípios que compõem a região metropolitana de Salvador ,também poderão participar do mutirão e devem comparecer ao local da triagem portando documento de identidade. Serão 200 atendimentos diariamente, começando a partir das 7h.

Os pacientes que farão cirurgias de vesícula precisam estar em jejum para a realização do exame de ultrassonografia (USG). Para as mulheres que farão o procedimento de histerectomia, será preciso levar o exame preventivo atual, e se ainda menstruam, devem levar também o exame Beta HCG. Além disso, todos devem levar exames laboratoriais e outros que possuam.