Sem vacina nos postos, prefeitura de Simões Filho emite nota de esclarecimento

As gestantes precisam ter a garantia da vacinação durante a gestação - Entenda

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Foto: Aquivo/Reprodução Facebook – Visita do prefeito ao posto de Saúde.

Vacinas estão em falta em Postos de Saúde de Simões Filho. A reclamação foi feita por Juci, que com 7 meses de gestação está preocupada com a gravidez, pois ainda não tomou a vacina contra tétano, difteria e coqueluche. Ela procurou três unidades de saúde em Simões Filho, mas não encontrou o medicamento. Juci esteve no posto de Saúde do Ponto Parada – que alegou falta de seringa e agulha. Foi ao posto do KM-30 e no Marta Alencar, onde ambos estavam sem vacina.

Os médico recomendam que as gestantes precisam tomar a vacina a partir da 28ª semana de gestação. Sem a vacina, o recém-nascido pode correr sérios riscos. A vacina protege contra a coqueluche, até o sexto mês de vida. A coqueluche pode trazer pneumonia e uma tuberculose. As gestantes precisam ter a garantia da vacinação durante a gestação.

A Prefeitura de Simões Filho admitiu que alguns medicamentos estão em falta. Em nota, por meio da Assessoria de Comunicação, a administração municipal informou que “a nova equipe da Saúde, quando assumiu no mês de janeiro, encontrou os estoques de medicamentos abaixo do necessário, por consequência alguns postos de saúde estão encontrando dificuldades em prestar um bom serviço à população simõesfilhense”.

No comunicado, a Prefeitura de Simões Filho disse que “ainda não pôde realizar a aquisição de novos medicamentos”. Segundo a gestão municipal, o fato se dá “devido a Lei de Licitação 8.666/93, que estabelece normas gerais sobre licitações e contratos administrativos pertinentes a obras, serviços, inclusive de publicidade, compras, alienações e locações no âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios”.

Ainda de acordo com a nota, a prefeitura informou que “está realizando os procedimentos necessários para dar andamento ao Processo de Licitação”.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO