Simões Filho, 80% das pessoas encontram emprego com a ajuda de conhecidos

Autor: Redação

Publicada em


Encontrar um emprego nos dias de hoje pode parecer tarefa difícil, quase impossível, dizem os pessimistas e acomodados e não é difícil entender o motivo: Crisedesemprego e portas se fechando. Além das dificuldades econômicas, tem também os escândalos políticos que pensávamos ter acabado, continuam. E isso acaba colaborando para impressões negativas sobre o mercado de trabalho. Sem dúvida, um cenário que para muitos é desesperador.

Mas, se você souber olhar com outros olhos, existem diversas formas de se conseguir um novo emprego além das ferramentas tradicionais. Pois sem sombra de dúvida, a maioria das oportunidades de emprego nunca são, e nunca serão anunciados. A melhor maneira de se conseguir uma oportunidade de emprego é, e sempre será, falar com as pessoas ao seu redor: parentes, amigos, colegas e conhecidos, eles são O recurso mais relevante que você tem a disposição na busca por um emprego.

Em Simões Filho, 80% das pessoas encontram emprego com a ajuda de parentes, amigos e conhecidos, segundo informações da plataforma LinkedIn, uma rede social de negócios profissionais.

Diante desses dados, é importante que você crie um grupo de contatos, para aumentar as chances de ser encontrado. Procure por ex-colegas de trabalho, amigos ou pessoas que podem ajudar na sua busca por emprego. Quanto maior o seu número de conexões maior será a chance de ser lembrado, e consequentemente maior suas chances de se encaixar em uma nova vaga de trabalho. Portanto, faça conexões com pessoas relacionadas à sua área de atuação.

Para quem não sabe, a rede social LinkedIn pode te ajudar nessa tarefa, pois ela é semelhante a uma rede de relacionamentos, mas principalmente utilizada por profissionais. No Linked os usuários publicam diariamente artigos, vagas de empregos e estágios e atualizações de seus perfis profissionais. Vale ressaltar que o LinkedIn é uma rede social voltada para o âmbito profissional e não deve ser usada como uma rede social qualquer.

A ferramenta já é muito utilizada por recrutadores em todo o país. Eles, além de postarem as vagas, usam a rede para analisar candidatos. Atualmente, o link direto do seu perfil no LinkedIn tornou-se obrigatório no currículo. A plataforma já é considerada uma verdadeira “vitrine” de profissionais.

O Brasil está em terceiro lugar em número de usuários cadastrados na plataforma, atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia. Segundo dados da companhia, há cerca de 30 milhões de brasileiros usando o LinkedIn.