Simões Filho: Acusado de estuprar duas garotas é solto após audiência de custódia e responderá em liberdade

.

Autor: Redação

Publicada em


Apenas um dia após ser preso por investigadores da Polícia Civil, Eucimar Veloso Juriti,  foi solto pela Justiça e irá responder aos processos em liberdade. Ele recebeu o benefício do relaxamento da prisão em flagrante após uma audiência de custódia realizada nesta sexta-feira (20/09), no Fórum Professor Josaphat Marinho, no Centro de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Na decisão, o juz determinou que Eucimar está proibido de sair da cidade por mais de 8 dias sem comunicar a justiça, além disso, o acusado terá que comparecer a 1ª Vara Criminal de Simões Filho na próxima segunda-feira (23/09), para apresentar atestado de residência e assinar termo de compromisso. A justiça também determinou que Eucimar compareça de 3 em 3 meses à 1ª Vara Criminal para confirmar o endereço residencial e tomar conhecimento dos atos processuais.

A Prisão

Eucimar foi preso em flagrante na última quarta-feira (18/9), por porte ilegal de arma. No momento da prisão, ele estava a bordo de um veículo, no bairro de Ilha de São João e portava um revólver calibre 38, municiado e de numeração raspada, motivo pelo qual foi preso em flagrante. A Polícia Civil ainda informou que ele também está sendo acusado de estuprar duas adolescentes no último dia 11 de setembro.

Ainda segundo a Polícia Civil, em depoimento, Eucimar negou o estupro, mas confirmou ter mantido relações sexuais com as vítimas, alegando não saber que se tratava de adolescentes.

A investigação ainda está em andamento na 22ª Delegacia Territorial, no bairro Ponto Parada, desde o último dia 12 de setembro, quando as vítimas registraram a ocorrência. Ainda segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu no dia 11 de setembro e as vítimas e testemunhas, que reconheceram o autor, já foram ouvidas na delegacia, que expediu as guias pericias.

SIMÕES FILHO ONLINE não conseguiu contato com os advogados de defesa e acusação até a publicação desta reportagem.

Casos de estupros

De acordo com a Polícia, no inicio da noite do dia 11 de setembro, duas garotas, ambas de 16 anos de idade, foram sequestradas e estupradas por homens armados que estavam a bordo de um carro Pálio Preto, com placa não anotada. Elas foram abordadas e obrigadas a entrar no veículo, sendo levadas para outro local onde foram cometidos os abusos.

Após praticar o ato, os criminosos teriam liberado as meninas em um trecho do Centro Industrial de Aratu (CIA). Elas foram obrigadas a voltar para o bairro onde moram andando em meio a pista escura e deserta.

Na ocasião, a 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) emitiu nota confirmando o caso e disse que “recebeu a informação de que um veículo PALIO-PRETO, placa ignorada, teria colocado duas adolescentes no referido veículo e tomado destino ignorado. Os policiais realizaram diligências e localizou as garotas nas proximidades da rotatória de Mapele. Os policiais militares mantiveram contato com os familiares das vítimas, orientando-os a procurar o posto de saúde, delegacia e assistência psicológica”, diz a nota da PM.

As garotas foram levadas para atendimento no Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF).

LEIA MAIS: ‘Maníacos do carro preto’ sequestram e estupram duas garotas de 16 anos em Simões Filho