Simões Filho: Após seis meses no escuro, moradores cobram iluminação pública em ruas

Autor: Débora Souza

Publicada em



Rua Campinas na escuridão, quase impossível enxergar as casas| Foto: Débora Souza – Simões Filho Online

Nesta segunda-feira (27/11), os moradores das Ruas Campinas e da Rua Doroteia, do bairro Cristo Rei, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) informaram a reportagem do Simões Filho Online que estão sem iluminação pública. Eles relatam que pelo menos há seis meses estão às escuras.

Moradora da Rua Campinas há 16 anos, Daniela Silva Conceição, 33 anos, relatou que a situação da rua é muito precária, e quando há melhorias na localidade, são feitas pelos próprios moradores. “Os atuais gestores não estão fazendo nada, eles fazem vista grossa para nossa situação. Mais de seis meses que estamos no escuro, se eu não colocar bocal de luz na frente da minha porta, não há condições dos moradores passarem, e temos idosos e crianças aqui”, disse.

Ainda segundo Daniela, o sentimento é de abandono por parte do poder público. “Ta na hora do prefeito e a Secretária de Desenvolvimento Social, fazer alguma coisa, olhar para nós de perto. Porque estamos sempre sendo deixado para depois. Nós encaramos a vida e nos sentimentos abandonado por eles do poder público“, Ressaltou.

Outro que não aguenta mais a falta da iluminação pública é o morador da Rua Doroteia, segundo ele a prefeitura já foi solicitada por várias vezes para solucionar o problema, mas nada foi feito, e a situação está sendo propícia para ações ilícitas.  “Todos esses meses estivemos pedimos para prefeitura vim trocar um lâmpada e não veio ninguém, do jeito que está a violência faz até medo. Agente não sai à noite por conta da escuridão, sem contar que pessoas ficam realizando ações ilícitas”,concluiu o morador que preferiu não revelar sua identidade.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO

Mande vídeos e fotos sobre problemas no seu bairro e flagrantes na cidade para o VC no Simões Filho Online

Rua Doroteia às escuras| Foto: Débora Souza – Simões Filho Online