SIMÕES FILHO: Bombeiros entram em matagal para localizar Pedro Henrique; “temos uma pista”, diz Motta

Autor: Redação

Publicada em


Os Brigadistas da Equipe Motta, foram acionados, mais uma vez, para fazer uma varredura dentro de uma mata fechada, em busca do corpo do mototaxista Pedro Henrique Luz Nunes, 20 anos, que sumiu no dia 8 de fevereiro, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

60 dias após o sumiço, a operação foi realizada na tarde deste sábado (7/4), em uma área de mata, atrás do Condomínio Residencial Bela Vista, no jardim Eldorado, região do KM 25.

De acordo com o Brigadista Motta, uma denúncia anônima informou que o corpo de Pedro Henrique teria sido enterrado no local.

“Temos uma pista do local e as buscas estão adiantadas. Fizemos buscas ontem, e vamos voltar ao local ainda hoje. A informação é que enterraram em uma cova rasa”, revelou Motta ao Simões Filho Online.

Ainda segundo Motta, além dos bombeiros civis, familiares também ajudaram a fazer uma varredura no local. A procura iniciou às 14 horas, e se estendeu até as 18 horas.

As pessoas dividiram-se em grupos para procurar pelo terrenos baldios e áreas de mato, e também nas proximidades de um lago. As buscas devem ser retomadas neste domingo (8/4).

“Não desistiremos nunca, pois sentimos a dor dos seus familiares. Peço à todos que qualquer informação entre em contato conosco ou familiares”, pediu o Motta.

VEJA MAIS: MISTÉRIO: Fatos e teorias sobre o desaparecimento de Pedro Henrique, em Simões Filho

Veja abaixo mais fotos das buscas de ontem

O DESAPARECIMENTO

Pedro é morador do bairro KM 25 e trabalha como mototaxista em um ponto localizado na rotatória do Bairro KM 30. Na última quinta-feira (8/2), ele chegou em casa por volta das 18h30, tomou um banho, vestiu uma roupa, passou na casa de seu amigo, o Joelson Estanislau dos Santos Junior, 22 anos, e os dois saíram juntos, mas desde então não fez mais contato. Familiares tentaram ligar por diversas vezes no celular dos rapazes, mas o aparelho parau de emitir sinal, e as chamadas não são completadas. Vale lembrar que o corpo de Joelson foi encontrado na noite da última segunda-feira (12/2).

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO