Simões Filho: Comerciante baleado é reanimado após quatro parada cardíaca – Família revela detalhes do crime

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


O crime contra o comerciante Adroaldo Soares Santos, 41 anos, também chamado de “Aldo”, provocou comoção e revolta entre moradores e pessoas que trabalham no centro de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador (RMS). A tentativa de assalto aconteceu por volta da 11:30h da manhã desta sexta-feira (20).

O sobrinho da vítima, Lucas Lima, 21 anos, contou ao Simões Filho Online, que Aldo estava trabalhando dentro de seu próprio estabelecimento comercial – uma barraca que vende lanches e caldo de cana – localizada na  Praça da Bandeira, região central da cidade. Segundo ele, o ‘Tio’ foi surpreendido por dois homens armados. Aldo estava na companhia de um outro sobrinho, identificado como Keven, proprietário da motocicleta cobiçada pelos criminosos. “Os bandidos pediram a moto de Keven. Quando meu tio viu, disse ao bandido que se ele roubasse a moto iria segui-lo com um mototáxi. O bandido então disparou a primeira vez – meu Tio jogou a cadeira e um cone no assaltante e nesse momento, o bandido atirou mais duas vezes, acertando ele”, contou.

Três disparos foram efetuados por um dos assaltantes, mas apenas um disparo acertou o comerciante. Aldo foi baleado na cabeça – o projétil entrou atrás e saiu acima do olho esquerdo. Após os tiros, os bandidos fugiram sem deixar pistas. O comerciante foi socorrido por populares para o Hospital de Simões Filho, onde recebeu os primeiros cuidados médicos, mas, devido a gravidade do ferimento, o vendedor foi transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, onde segue internado.

Estado de saúde

De acordo com informações repassadas por familiares, Aldo teve quatro parada cardiorrespiratória, mas foi reanimado pelos médicos. A primeira parada cardíaca ocorreu no Hospital de Simões Filho. Durante a transferência realizada pela ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o comerciante teve mais duas parada cardiorrespiratória. A quarta parada cardíaca ocorreu quando Aldo já estava no HGE.

Ainda segundo os familiares, uma equipe médica está realizando uma avaliação e instabilizando a situação do comerciante para poder tomar a decisão de realizar a cirurgia, que deve ser efetuada nas próximas horas. Nesse momento, Aldo se encontra sedado e intubado. “Ele estava inconsciente e teve quatro paradas cardiorrespiratórias, mas agora já melhorou e o estado é menos pior. Nesse momento meu tio está consciente e seu estado de saúde é estável”, revelou Lucas Lima ao Simões Filho Online.

Aldo tem 41 anos de idade e é morador da Avenida Paulo Souto. O comerciante é casado e tem dois filhos – uma menina de 10 e um adolescente de 13 anos. Segundo a família, Aldo é comerciante há mais de 15 anos e vende lanches e caldo de cana, em uma barraca que fica ao lado do ponto de Mototáxi Novo Estilo, na Praça da Bandeira, no Centro de Simões Filho.

Pânico no local

Os comerciantes e curiosos que passavam pelo local no momento da ação ficaram assustados. Quem estava no ponto procurou um local para se abrigar.

Um morador de Simões Filho, que preferiu não ser identificado, disse que estava no ponto de ônibus e observou toda a ação. “Estava aguardando um ônibus quando os assaltantes de se aproximaram e abordou a vítima. Foi uma cena muito triste. Nós estamos à mercê da marginalidade”, afirmou.

A jovem Ana Lucia, 16 anos, também ficou muito assustada com a ação criminosa. “Não é todo dia que um trabalhador é baleado no Centro. Fiquei horrorizada. Um acontecimento desse muda toda nossa rotina”, contou.

Desabafo

“É revoltante ver um amigo, pessoa de bem e trabalhador. Agora com a sua saúde em risco por ser vitima de assalto no próprio trabalho. Também é revoltante em comentar esse episódio nas redes sociais e receber um ´chuva´ de depoimentos de pessoas que também foram vítimas da bandidagem que corre solta em Simões Filho! E não vou me estender aos problemas do país, estou falando da NOSSA CIDADE. Precisamos de paz e de muita oração”, esse desabado foi feito pela jovem Lay, amiga de Aldo.

Rede sociais

Pelas redes sociais, amigos de Aldo, escrevem mensagens de apoio ao comerciante. “Gente, vamos orar por ele. Corrente positiva”, escreveu uma amiga na rede social.

Outra amiga inscreveu: “Espírito Santo, opera o teu milagre na vida do meu amigo Aldo Santos. Tu és médico dos médicos”. Seguindo a mesma corrente positiva, outra postagem demostrava confiança na recuperação de Aldo. “Então é nessa hora que confiamos a Deus toda a nossa fé, pois, é Ele quem faz o milagre. Todos em oração meu compadre Aldo Santos”, escreveu.