Simões Filho: Corpo de adolescente desaparecido é encontrado após 7 dias – Veja vídeo

Familiares reconheceram o corpo devido às roupas do cadáver

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


O menino estava enterrado em uma mata atrás do conjunto Habitacional B13 | Foto: Simões Filho Online

Após 7 dias de angustia e sofrimento, o corpo do adolescente Everton Santos da Silva, de 15 anos, foi encontrado neste sábado (6/5), em avançado estado de decomposição. O menino estava enterrado em uma localidade conhecida como Areal, que fica atrás do conjunto Habitacional B13, no Bairro Vida Nova, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS). Everton estava desaparecido desde o último sábado (29/4), após sair de casa para fazer uma cobrança a pedido da mãe.

De acordo com a família do garoto, o corpo foi achado após receber novas mensagens anonimas por meio do aplicativo WhatsApp, detalhando o caminho que os parentes tinham que percorrer para localizar o cadáver. Policiais da 22ª Companhia Independente da Polícia Militar foram até o local indicado.

Mensagem enviada a família dizia o local exato onde o corpo estava

O corpo de Everton estava enterrado, apenas com os dedos das mãos e pés para fora. O Corpo de Bombeiro foi chamado para retirar o cadáver que apresentava várias perfurações e sinais de tortura, provavelmente provocados por disparos de arma de fogo. A operação que ocorreu por voltas 16h30, contou com o apoio da Equipe Motta de Bombeiros Civis e Policiais Militares da 22ª CIPM/SIMÕESFILHO, além de agentes da Polícia Civil.

Dois tios do garoto fizeram hoje o reconhecimento visual, já que a vendedora Edvânia da Silva Salvador, 34 anos, mãe do adolescente, está em estado de choque. O corpo de Everton que já estava em avançado estado de decomposição, foi reconhecido apenas devido às roupas. [Veja mais abaixo o vídeo do momento em que o corpo é encontrado]

O cadáver foi encaminhado para o Instituto Médio Legal (IML), em Salvador. A causa da morte ainda não foi determinada pelos peritos. “O corpo foi retirado de uma corva de profundidade mediana. Ele vai ser levado para fazer exames de necropsia, onde vai se estabelecer qual foi a causa da morte dele. Nesse momento aqui nós não temos elementos nenhum para determinar qual foi a causa da morte. Sabemos sim, que houve um crime de homicídio e de ocultação do cadáver”, disse um perito da Polícia Civil ao Simões Filho Online.

Os familiares do adolescente presentes durante os trabalhos da Polícia Técnica disseram que não sabem o motivo nem a autoria do assassinato, já que Everton não tinha nenhum envolvimento com crimes e que não estava sendo ameaçado.

O sepultamento do jovem deve acontecer neste domingo (7/4), no cemitério de São Miguel.  Everton morava com no Conjunto Habitacional B13, no Bairro Vida Nova.

 

SOFRIMENTO

Durante a semana, a família recebeu diversas ligações anônimas indicando que o corpo de Everton estaria enterrado nos fundos de uma localidade conhecida como “B13”, porém, buscas foram realizadas, mas o corpo não havia sido encontrado.

Umas das tias de Everton, que pediu para não ter a identidade revelada, disse que moradores da região informaram que o garoto foi morto durante a madrugada do último domingo após ser torturado nos fundos Conjunto Habitacional B13, no Bairro Vida Nova. “Me disseram que ouviram meu sobrinho gritando durante a noite dentro do mato”, contou ao Simões Filho Online.

DESAPARECIMENTO

A mãe do garoto, a vendedora Edvânia da Silva Salvador, 34 anos, pediu para Everton fazer uma cobrança de uma dívida de produtos de cama, mesa e banho que ela havia vendido para uma amiga. Ao perceber o desaparecimento do adolescente, Edvânia disse que foi até a casa da amiga e perguntou sobre o filho. “Ela me confirmou que ele esteve lá, mas não deu dinheiro nenhum ao meu filho, porque ela não tinha“, acrescentou. Desde então, a família não conseguiu mais contato com o garoto.

Na última quinta-feira (4/5), durante entrevista ao Simões Filho Online, a mãe do garoto, a vendedora Edvânia, contou detalhes sobre o caso.

VEJA DEPOIMENTO DA MÃE

Acompanhe o noticiário de de Simões Filho, vaga

VEJA MAIS SOBRE O CASO:

Simões Filho: “Mataram meu filho”, diz mãe de garoto desaparecido após receber ligações


Garoto de 15 anos desaparece após sair para cobrar dívida em Simões Filho


Veja vídeo da operação de buscas pelo garoto Everton


Acompanhe o noticiário de de Simões Filho, vagas de empregos, concursos e capacitação também pelo https://www.facebook.com/simoesfilhoonline/