Simões Filho: Creche de tempo integral está funcionando em meio período; Pais estão revoltados com a Prefeitura

Autor: Redação

Publicada em


Alunos de creches em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, estão sendo liberados mais cedo por determinação da Prefeitura Municipal de Simões Filho, segundo informou os pais ao SIMÕES FILHO ONLINE.

De acordo com mães de crianças matriculadas na Creche Escola Municipal Maria Sérgia, no bairro Simões Filho 1, desde o começo das aulas, no dia 11 de fevereiro que a situação da liberação antecipada dos alunos vem ocorrendo. As aulas na creche, que antes iam das 08h até 17h, agora terminam 11:30h. A medida afeta a vida dos pais e das centenas de crianças.

Conforme relatos da professora Gabriela Santos, de 34 anos, mãe de um aluno que estuda na unidade escolar, falta de materiais como fraldas, por exemplo, são apontadas como um dos principais problemas na creche, além da questão dos mantimentos para o preparo da alimentação das crianças, que também não estão sendo fornecidos da maneira devida pela prefeitura. Segundo ela, a creche até já foi considerada boa, mas do início do ano letivo até agora, as coisas não são mais as mesmas.

“Estão liberando nossos filhos mais cedo para casa. Os pais colocam os filhos na creche com a garantia de turno integral e fica impossibilitado de trabalhar por causa dessa situação. Temos que deixar os filhos com idosos ou com outras crianças no outro período, por não ter condições de pagar a uma cuidadora”, disse Gabriela.

Gabriela afirmou ainda que, a prefeitura não deu nenhum posicionamento sobre quando resolverá a situação dessas crianças. “Não tem previsão de normalização”, lamenta a mãe.

Já para a dona de casa Maria de Fátima, mãe de uma aluna, a situação afeta diretamente a sua rotina, tendo em vista que a impossibilita de trabalhar. “Tem dia que não encontro ninguém para tomar conta de minha filha e aí eu preciso faltar ao trabalho. Alguém precisa tomar providencia e é falta de planejamento por parte da prefeitura”, disse ela.

O que  diz a prefeitura

SIMÕES FILHO ONLINE entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Simões Filho por meio de todos os canais disponíveis e solicitou um posicionamento sobre a redução do horário de atendimento das creches municipais. 17 horas se passaram após a solicitação da reportagem, mas até a publicação desta matéria nenhum posicionamento foi emitido pela assessoria da prefeitura, que ignorou todos os nossos contatos.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO