Simões Filho: “Deus já fez o milagre”, diz mãe de Cantora baleada em assalto a ônibus

Autor: Débora Souza

Publicada em


Jovem baleada em assalto a ônibus precisa de doação de sangue | Foto: cedida pela família

Era para ser apenas mais um dia comum, de volta para casa, mas a violência e criminalidade mais uma vez atuaram no coletivo causando pânico e deixando, a jovem Caroline Santos Moreira, de 22 anos, baleada durante um assalto na noite desta terça-feira (12/09), no ônibus que fazia a linha Itaigara X Simões Filho. A vítima permanece internada no Hospital do Subúrbio, na capital baiana.

A cantora gospel, Ana Paula Mattos, 42 anos, mãe de Caroline, informou que ficou sabendo do ocorrido por meio de uma amiga da filha. Ela teria avisado que Caroline também estava no ônibus no momento dos tiros. “No momento que recebi a notícia foi um grande susto, mas hoje já a visitei, ela permanece na (UTI)”, disse Paula.

Ainda bastante assustada, Ana Paula conversou com a reportagem do Simões Filho Online. “Estamos otimistas, isso nas palavras dos médicos. Porque nas minhas, está a minha fé inabalável em nosso Deus. O Deus que cuida, que ama, zela e faz o impossível pelo seu povo. Carol é uma serva desse Deus maravilhoso, e Deus já fez o milagre. Eu creio. Estou, claro, sofrendo muito, porque mãe nenhuma queria estar passando pelo o que eu passei. Mas Deus está no controle de tudo e Ele mesmo é quem me sustenta”, contou.

Ana também revelou que a filha está respondendo bem aos medicamentos. “O seu estado de saúde é estável, está respondendo muito bem. Acordou, já está falando e perguntou pelo seu filho Davi de 4 anos. Estou assustada, onde vamos parar com tanta violência, minha filha também é cantora gospel, e com certeza ela irá novamente louvar a Deus”, ressaltou.

Uma colega de curso de Caroline, que preferiu manter sua identidade em sigilo, disse que a estudante de enfermagem faz esse percurso diariamente, e que no momento do assalto ela estava acompanhada por outra amiga também de curso. “Ela trabalha na Pituba, ela estava vindo para o curso quando isso aconteceu. Outra amiga nossa que estava sentada ao lado dela, chegou ao curso muito suja de sangue, o que nos deixou bastante assustados, e muito preocupados, neste instante só pensamos no pior”, contou.

Ainda de acordo com informações da família, a jovem passou por algumas cirurgias, tem apresentado uma recuperação surpreendente, mas foi diagnosticada pelos médicos com anemia e por esse motivo precisará de doações de sangue.

Doações

As doações podem ser feitas no Hospital do Subúrbio, sendo 5 doações pela manhã e 5 pela tarde, número estimulado pelo próprio hospital. Ou pode ser feita também em um dos postos do Hemoba, onde a pessoa precisará dá o nome completo da jovem e o do hospital onde ela se encontra internada.

Sobre o crime

Testemunhas relataram que, por volta das 18h, quando três bandidos embarcaram no ônibus e um deles, ao se aproximar de um trecho do bairro de São Cristovão, ordenou que o motorista parasse o ônibus. No momento em que o trio se preparava para deixar o coletivo, um dos assaltantes atirou aleatoriamente, contra o coletivo e atingindo Caroline.

“Eles atiraram por maldade. Quando avistaram a viatura, eles disseram que os passageiros iriam morrer também e atirou. Outras pessoas também se feriram com estilhaços de vidro”, contou uma testemunha.

Caroline foi socorrida  para o Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24h do CIA, em Simões Filho, em seguida, transferida para o Hospital do Subúrbio, em Salvador onde permanece internada.