Simões Filho: falta de geladeira deixa crianças sem vacina em posto de saúde, diz moradora

Autor: Redação

Publicada em


Foto: Andrezza Mariot

Uma situação bastante grave foi relatada, por uma leitora, ao SIMÕES FILHO ONLINE, na manhã desta quarta-feira (14/11). Por causa da falta de manutenção em uma geladeira, centenas de crianças estão deixando de ser vacinadas, diariamente, em um posto de saúde do distrito de Aratu, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

Como se não bastasse o período em que a atual gestão municipal deixou faltar medicamentos em todas as unidades básicas, UPA e hospital transformando a saúde pública da cidade em um verdadeiro caos, agora, até mesmo os equipamentos elétricos de fácil manutenção, como uma geladeira é desculpa para que o cidadão deixe de usufruir do seu direito a saúde.

De acordo com a moradora, Ílari Delanni, há algum tempo a Unidade de Saúde da Família Péricles Reni de Souza, em Aratu está sem poder armazenar as vacinas e por isso, ou os pais deslocam seus filhos para outras unidades ou as crianças ficam sem a vacinação.

“O postinho daqui está sem geladeira para guardar as vacinas. Meu filho já está com cinco atrasadas por causa desta situação e eles trazem as vacinas quando querem e levam embora no mesmo dia”, declarou Ílari Delanni ao Simões Filho Online.

Ainda segundo a comunidade, os problemas do bairro não se resumem a saúde não. A prefeitura tem demonstrado um verdadeiro descaso com o distrito de Aratu que também, conforme os moradores, está abandonado, sem infraestrutura, iluminação e assistência social.