Simões Filho: Família de Motorista desaparecido está desesperada; PM recuperou caminhão e um bandido morreu

Autor: Redação

Publicada em


A família de Alexandro Ferreira Souza, de 35 anos, vive momentos de angústia nas últimas horas. Ele é o dono do caminhão que os policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto), da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), recuperou na manhã desta quarta-feira (20/6), após uma intensa troca de tiros em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). No confronto, um suspeito morreu e um homem que passava no local acabou sendo baleado. Os policiais ainda recuperaram a carga que pertence a empresa M Dias Branco que estava sendo transportada no veículo, mas o caminhoneiro continua desaparecido.

Familiares informaram que ao tentarem ligar para ele, o telefone consta como desligado. Eles relatam ainda que já procuraram a 22ª Delegacia Territorial, mas que até o momento não há notícias sobre a localização do motorista.

De acordo com Jackson Junior, primo do caminhoneiro, por volta das 4 horas da manhã desta quarta-feira (20/6), Alexandro carregou o caminhão na empresa como sempre faz, e seguia para a cidade de Brumado, transportando uma carga de biscoitos da marca Vitarella.

A vítima foi interceptada por bandidos em Simões Filho. Segundo os familiares, ele teria sido amarrado e deixado em um local do município. Já a carga roubada foi levada para uma casa na Rua da Paz, no Bairro Ilha de São João.

Por volta das 8 horas da manhã, a Polícia Militar recebeu uma denúncia. A informação era de que criminosos armados estavam descarregando um caminhão com uma carga roubada. Ao chegar no local, os policiais encontraram cerca de oito homens fortemente armados, que efetuaram vários disparos de aram de fogo contra os agentes do Peto, que revidaram.

Um dos suspeitos, identificado como Vandersom Osvaldo de Souza, foi baleado e chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Um senhor identificado como Domingos, que estava passando no local, foi baleado no braço esquerdo durante a ação e, também, foi socorrido para a unidade de saúde. Ele passou por atendimento médico e foi liberado.

A carga foi recuperada, mas a Polícia Militar agora faz buscas pelo motorista do caminhão.