Simões Filho: Familiares e amigos se despedem de Miguel – “E agora, o que eu faço sem ele”

Autor: Débora Souza

Publicada em


Mais uma semana que se inicia com os sentimentos de dor, angústia, tristeza e muitas saudades em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Esses sentimentos desta vez são expressados pelos amigos e familiares do jovem Miguel Lima da Silva, 20 anos, morto de forma brutal na noite desta segunda-feira (11/09), no bairro da Coroa da Lagoa. Moradores afirmam que a violência no bairro tem crescido de forma absurda.

Em busca de refúgio, e vendo como uma forma de se despedir e até mesmo de prestarem suas últimas homenagens, amigos e familiares da vitima, através da rede social Facebook, publicaram mensagens de amor e carinho, e alteraram suas fotos nos perfis com imagem representativa de luto eterno, as mensagens deixam claro que o jovem era muito querido.

Uma amiga da família, que viu o jovem Miguel ainda quando criança, relatou sua indignação com aumento da violência e criminalidade na cidade e expressou seu sentimento de dor. “Foi um choque muito grande porque ninguém está esperando uma notícias dessas, ele era uma pessoa de bem. Não se pode nem ficar mais na porta de casa que a pessoa é assassinada. Simões Filho pede paz, mais um inocente é tragado pela violência na nossa cidade”, disse uma amiga que prefere não revelar sua identidade.

Também no Facebook, amigos deixaram suas mensagens de despedidas. “Que Deus possa está do lado de cada um da família e amigos consolando. Que tragédia”, escreveu uma amiga.

 Muito abalada, e ainda em estado de choque, a irmã da vítima também  se expressou na rede social. “Hó Deus mataram meu irmão e agora, o que eu faço sem ele”, lamentou Tay Lima, irmã da vítima.

Sepultamento

Segundo informações da amiga do jovem, alguns familiares devem vim da cidade de Brasília para prestarem seu último adeus ao jovem Miguel. O horário do enterro que deve acontecer nesta quarta-feira (13), ainda não foi divulgado, pois a família aguarda a chegada de parentes.

O crime

Miguel Lima da Silva,  foi baleado  em frente a sua casa. Testemunhas relataram que assaltantes a bordo de um veículo anunciaram um assalto. Algumas pessoas que estavam presentes no local, correram e os bandidos efetuaram disparos de arma de fogo. Miguel também teria corrido, mas acabou sendo atingido. O jovem chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Simões Filho, mas não resistiu aos ferimentos. A Delegacia  foi acionada e  investigará o caso, em parceria com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).