Simões Filho: Filho de Monique teve a boca amordaçada para não chamar a atenção dos vizinhos

Autor: Redação

Publicada em


A promotora de eventos Monique Aragão, de 27 anos, esfaqueada pelo namorado em Simões Filho (BA), está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Municipal de Salvador (HMS), localizado no bairro de Boca da Mata, onde passou por cirurgia. Segundo amigos, o estado de saúde dela é considerado delicado. O principal suspeito de cometer o crime ainda não se apresentou a polícia.

As agressões aconteceram na madrugada desta segunda-feira (19/08), no condomínio Residencial do Minha Casa Minha Vida (MCMV), o Universitário I, localizado no bairro Vida Nova. Os vizinhos contaram que a confusão aconteceu por volta das 3 horas.

Detalhes

No inicio do mês de julho ela decidiu terminar o relacionamento que já durava 3 anos, só que eles marcaram uma conversa e acabaram reatando o namoro. No último dia 14 de agosto, o acusado comemorou o aniversário dela, Monique completou 27 anos. Em sua página do Facebook, o acusado publicou um post parabenizando a namorada e declarando amor a ela. Em um dos trechos ele fala sobre as brigas e diferenças. “Parabéns, meu amor! Especialmente hoje eu desejo que toda a felicidade do mundo seja sua. Você é a mulher da minha vida,a namorada mais bela. E nada me deixa mais feliz do que nossa ligação. Eu sei que temos nossas brigas e que nossas diferenças às vezes não ajudam, mas nunca tive dúvidas quanto ao que quero, E sim, o que mais quero é nosso relacionamento. Quem mais quero é você, meu amor! E prometo que estarei sempre ao seu lado para juntos construirmos uma história linda e memorável. Te amo, amor! Feliz Aniversário!”, escreveu o acusado no Post. [O texto da mensagem foi reproduzido com a grafia encontrada na publicação.]

Foto: Reprodução Facebook do acusado

Ainda segundo vizinhos, no domingo (18/08) o casal estava aparentemente bem, todos estavam sorrindo. Por esse motivo a comunidade local ficou chocada com os fatos ocorridos durante a madrugada.

A frieza

As 3 horas da madrugada, após uma briga, o homem ficou tomado pela revolta, foi até a cozinha do apartamento, pegou uma faca e desferiu diversos golpes em Monique. Toda a cena foi presenciada pelo filho dela de apenas 8 anos de idade. O garoto ficou em estado de choque.

Um parente da vítima disse que o acusado colocou uma meia na boca do menino para que ele não chamasse a atenção da vizinhança. A criança foi colocada em um canto da casa e assistiu o ataque feito a sua mãe.

Durante as agressões, Monique se fingiu de morta para que o suspeito não aplicasse mais golpes e fosse embora do local. Mesmo ferida e com muita dor, a jovem conseguiu controlar a respiração por um longo período de tempo e fez o suspeito acreditar que ela já estava morta.

Antes de fugir do apartamento, o acusado limpou a sala com um lençol e jogou na área de serviço. O suspeito ainda pegou o celular da vítima e depois fugiu. Foi nesse momento que Monique conseguiu gritar por socorro. Mesmo chocado com a cena, o filho dela abriu a porta da casa e pediu ajuda dos vizinhos que acionaram uma equipe do Serviço Móvel de Urgência (SAMU). Ela foi levada em estado grave ao Hospital Municipal de Simões Filho, mas logo em seguida, devido a gravidade, foi encaminhada ao Hospital Municipal de Salvador (HMS), localizado no bairro de Boca da Mata, onde passou por cirurgia. Amigos informaram que o estado de saúde dela é considerado estável, porém, ainda delicado.

Ainda não há informações sobre o motivo da confusão do casal, mas os vizinhos afirmam que o namorado era muito ciumento, o que provocou a separação do casal no mês passado, mas, eles acabaram reatando.

Monique trabalha como Promotora de Eventos e mora com o filho na casa onde ocorreu o crime. De acordo com o status atual dela no Instagram, ela trabalha na empresa Fire Produções.

O principal suspeito do crime, é o namorado da vítima. O caso é investigado pela polícia.