Simões Filho está habilitado a imprimir os resultados dos exames DST/AIDS; entenda

Simões Filho

Autor: Redação

Publicada em


A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) implementou uma nova estrutura para a execução das atividades do Programa Municipal de DST/AIDS que vai desde palestras de orientação/conscientização ao acompanhamento psicológico e tratamento dos pacientes.

“Estamos atualizando e modernizando o atendimento, com esse processo vamos descentralizar os serviços para detecção de HIV, Sífilis e Hepatites B e C, por exemplo, com testes rápidos em todas as Unidades Básicas de Saúde. Assim vamos conseguir não só detectar, mais conscientizar e tratar o munícipe”, declarou o técnico responsável do Programa de DST/AIDS, Rafael Myranda.

O Programa foi credenciado ao Sistema de Controle de Exames Laboratoriais da Rede Nacional de Contagem de Linfócitos CD4+/CD8+ e Carga Viral (SISCEL) ligado ao ministério da Saúde que tem o objetivo de monitorar e acompanhar o tratamento dos cidadãos portadores de DST’s.

Com esse credenciamento o município fica habilitado a imprimir os resultados dos exames no próprio Centro de Referencia em DST/AIDS. Esse é o primeiro passo para se atingir a autonomia desejada para a implantação de uma Unidade Dispensadora de Medicamentos Retrovirais (UDM).