Simões Filho: funcionário público de folga deixa máquina ligada e provoca incêndio no Mercado Municipal

Ele estava realizando um serviço de solda deixou uma máquina ligada e saiu

Autor: Redação (fotos: Simões Filho Online)

Publicada em


Um incêndio no Mercado Municipal de Simões Filho mobilizou mais de 40 pessoas na tarde deste domingo (12). 8 (oito) Box e 4 (quatro) pedras foram atingidas pelas chamas que destruiu mercadorias e equipamentos de trabalho de comerciantes.

O fogo que começou em um dos estabelecimentos comerciais, logo se espalhou pelos Box vizinhos. A coluna de fumaça escura podia ser vista de longe e fez muita gente parar para entender o que acontecia.

Suposta Maquina que provocou o incêndio – Fotos: Simões Filho Online

De acordo com informações, um funcionário público de folga, contratado por um dos comerciantes, realizava um serviço de solda sem autorização da prefeitura em um dos Box. O mesmo deixou a máquina ligada e saiu – o que provavelmente provocou um curto circuito causando um incêndio.

Populares que estavam do lado de fora do mercado, ao perceberem que havia muita fumaça saindo do local, correram para tentar apagar o fogo que se espalhou rapidamente para outros estabelecimentos comerciais.  Na tentativa de minimizar o incêndio até chegada do Corpo de Bombeiros, populares estouraram tubos, utilizaram mangueira e até balde com água. Minutos depois, os bombeiros chegaram ao local para controlar as chamas.

Comerciantes do Mercado Municipal informaram ainda que o local não tem hidrante, muito menos extintores de incêndio. “Um mercado deste tamanho, não ter nenhum equipamento de combate e/ou prevenção a incêndio – é um verdadeiro absurdo”. Disse comerciante que preferiu o anonimato.

A comerciante Iracema perdeu tudo o que tinha, o fogo consumiu todos os equipamentos de trabalho dela. “Meu prejuízo está estimado em 20.000 reais, a prefeitura pegou os meus dados – vamos esperar – espero que eles nos ajudem”. Disse Iracema.

Segundo o Secretário de Serviços Públicos (SESP) e vice-prefeito Manuel Almeida, conhecido popularmente como Neco, uma ocorrência já foi registrada na 22ª Delegacia Territorial de Simões Filho. Ele falou que a responsabilidade do incêndio é do homem que provocou a ocorrência. O mesmo não tinha autorização para realizar manutenção no mercado. “Quem causou o incêndio é quem deve pagar o prejuízo dos comerciantes”. Disse

Ainda de acordo com Neco, a reforma do Mercado Municipal já está prevista para acontecer. “Na próxima semana vamos encaminhar toda a documentação para Conder, o projeto já está pronto”. Concluiu.

O local do incêndio isolado pela Guarda Municipal já passou por uma pericia da Polícia Civil, o resultado dos laudos confirmando as causas do acidente deve sair nos próximos dias. Ninguém ficou ferido durante a ocorrência.