Simões Filho: Ineficiência da gestão de Dinha deixa Postos de Saúde sem materiais odontológicos e população sem atendimento há 1 ano e 7 meses

População está sem atendimento

Autor: Redação

Publicada em


SERIE: “Saúde que eu tenho, saúde que eu quero em Simões Filho”

A saúde no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), vive o maior caos dos últimos 20 anos. Além da falta de medicamentos em todos os postos de saúde, o Simões Filho Online teve acesso a uma informação que demonstra a falta de zelo do Prefeito Diógenes Tolentino – Dinha (MDB) para com a saúde da população.

A informação é que dentistas da rede pública de Simões Filho estão há um ano, sete meses e 24 dias sem atender pacientes por falta de insumos odontológicos em toda rede de saúde do município, ou seja, Dinha vai completar dois anos a frente da administração municipal sem abrir licitação para compras desses materiais para cuidar da saúde bucal da população. Por conta disso, os profissionais de saúde não conseguem fazer os atendimentos necessários.

“O prefeito está brincando de administrar o município. A essa altura do campeonato não dá mais para ficar dizendo que foi a gestão passada”, disse um funcionário, que prefere preservar sua identidade por medo de represália.

O SIMÕES FILHO ONLINE entrou em contato com a coordenadora de Saúde Bucal do município, Paloma Caldas, e a mesma disse que a prefeitura já tem um processo licitatório que está esperando o aval do jurídico. Paloma só não informou quando a licitação será aberta pela gestão municipal.