Simões Filho na escuridão: População não aguenta mais o descaso – Cadê a luz?

Autor: Débora Souza

Publicada em


 

Ruas Tupi e São Marcos às escuras. Foto do leitor

A falta de iluminação pública volta a ser motivo de reclamação por parte dos cidadãos que honram com o pagamento da taxa de iluminação que lhes são cobrados, e estão exigindo apenas o que lhes é de direito. E nesta quarta-feira (27/09), as queixas são por partes dos moradores dos bairros Cia 1 e KM 30, localizados em Simões Filho na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A situação vem tirando o sono dos moradores que ficam preocupados com o ambiente propício a assaltos, estupros e outros crimes.

Além de  fornecer segurança a comunidade, a iluminação pública zela pelo tráfego de pessoas a qualquer hora, permite também o lazer noturno, mantém seguros locais de movimento e inibi as ações criminosas. É pensando nesses benefícios que os moradores buscam solução para o problema.

Em denúncia ao Simões Filho Online, um morador da quadra 08 do Cia 1 disse. “Aqui na quadra 08 está fazendo fila de postes sem iluminação. Nós pagamos por iluminação pública todo mês e cadê a iluminação? O poste fica em frente a minha casa é um dos muitos sem funcionamento. Estamos na luta pelos nossos direitos, cobrando o que nos é justo”, disse.

As reclamações não param por aí, os moradores das Ruas Tupi e São Marcos, enfrentam as mesmas dificuldades da falta de iluminação pública. Após ver a matéria sobre a falta de iluminação no bairro do Tiro Seguro, publicada ontem (26/09), um leitor enviou para reportagem do Simões Filho Online, a foto do seu bairro, onde mostra que a falta de iluminação é um problema genérico, e que deve ser  resolvido quanto antes, para que se tenha mais tranquilidade nas comunidades.