SIMÕES FILHO: “Para mim, minha filha não morreu”, diz ‘Fio Preto’ sobre a morte da cantora Ray Andrade; veja vídeo

Autor: Redação

Publicada em


Foto: Simões Filho Online

O falecimento da cantora Rayane de Andrade Sodré, 18 anos, moradora de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), causou muita comoção aos moradores da cidade que acompanhavam seu trabalho e para aqueles que conheciam o seu pai, o músico Raul Caetano de Sodré, 52 anos, popularmente conhecido por ‘Fio Preto’.

Bastante abalado com a morte da filha, porém demonstrando o consolo buscado na fé e no apoio que tem recebido dos amigos e da população simõesfilhense, em entrevista ao Simões Filho Online, o músico falou sobre Rayane.

“Minha filha sempre me deu orgulho, nunca repetiu o ano na escola, concluiu o segundo grau aos 16 anos, já estava se preparando para ingressar na faculdade e sonhava ser advogada. Ela começou a cantar aos 12 anos na igreja, gostava de tocar violão, tinha o dom para música e até aqui sempre me deu gosto, eu tenho orgulho da minha filha”, declarou ‘Fio Preto’.

Foto: Simões Filho Online

O pai da jovem também falou um pouco da luta que a filha estava enfrentando desde dezembro quando descobriu um tumor no punho e dos últimos 15 dias, depois de ser diagnosticado algumas complicações no pulmão, precisou ser internada para tratamento no Hospital Aristides Maltez, onde veio a óbito na tarde desta quinta-feira (17/5).

“Descobrimos a doença do nada, a mão dela começou a doer e. a levamos para o médico, daí se iniciou um tratamento, mas infelizmente ela veio a óbito. Eu estava acompanhando ela durante esse período, e quero dizer aqui que a doença não está apenas para uma pessoa, qualquer um está arriscado a passar por esta situação. Ela lutou pela vida, mas foi feita a vontade de Deus”, lamentou o músico.

VÍDEO

“Para mim, minha filha não morreu, pois vai estar sempre no meu coração”, disse ele, bastante emocionado.

Fio Preto comentou ainda sobre a importância da fé para enfrentar momentos como este. “Nós temos que colocar nossa confiança em Deus, ser humilde, está sempre amanhecendo o dia abraçando nosso irmão. Ray não era apenas minha filha, era uma amiga, parceira em todos os momentos que precisei na vida. Ela sempre me dizia que me amava, que eu podia contar com ela na alegria e na tristeza, todo mundo amava ela”,

Mesmo abatido com a situação, o artista fez questão de agradecer as autoridades e alguns profissionais do município pela ajuda recebida durante o tratamento da filha. “Eu quero agradecer ao prefeito Dinha e a primeira-dama Kátia, a secretária de saúde doutora Bethânia, a assistente social Ana Clea, e ao meu amigo Sharlison, chefe de gabinete da secretaria de cultura. Estas pessoas estiveram me ajudando desde o primeiro dia em que descobrimos que minha filha estava doente, eles me deram todo suporte, principalmente como amigos e, eu só tenho a agradecer”, finalizou o músico.

Entenda o caso

Rayane de Andrade Sodré, tinha 18 anos, e em dezembro de 2017 descobriu um tumor no punho. Após o diagnóstico médico, a jovem passou por duas cirurgias e estava internada no Hospital Aristides Maltez há 15 dias, quando os médicos que acompanhavam o caso, constataram que o pulmão da paciente estava comprometido. Seu estado de saúde se agravou nos últimos dias, e a jovem cantora não resistiu e veio a óbito na tarde desta quinta-feira (17/5). Ray Andrade morava no Bairro KM-25.

Simões  Filho: Morre cantora Ray Andrade aos 18 anos