Simões Filho: Polícia inicia investigação e identifica jovem encontrado morto dentro de lixeira

.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


O Departamento de Polícia Técnica (DPT) já identificou o cadáver encontrado dentro de uma lixeira na manhã deste domingo (21/07), no Centro de Simões Filho (BA), na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

O corpo, que estava de cabeça para baixo e com os pés amarrado com pano, é de Leonardo de Oliveira Ferreira, de 25 anos, conhecido na cidade como “Leo”. De acordo com moradores, a lixeira com o corpo foram deixados na Rua do Condomínio João Filgueiras – uma via marginal a Avenida Elmo Cerejo de Farias, no Laboré (Ponto Parada), durante a madrugada.

Horas depois, por volta das 10 horas, quando pessoas começaram a sair de casa para ir ao Centro da cidade, sentiram um cheiro forte e ao abrirem a tampa da lixeira se depararam com um cadáver. Em seguida, pediram ajuda de policiais da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (Simões Filho), que constataram que havia uma pessoa morta no local.

Por meio da assessoria, a polícia afirmou que a identificação foi feita por familiares da vítima. Após ser levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Salvador, contatou-se que Leonardo foi assassinado e haviam várias lesões no corpo e na cabeça, e que foram feitas antes do corpo ser jogado dentro da lixeira.

Leonardo morava na Rua da Tijuca, no bairro Ponto Parada, que fica bem próximo ao local onde corpo foi encontrado. Ainda segundo informações, ele trabalhava em uma borracharia localizada na Avenida Paulo Souto.

Os policiais da 22° Delegacia Territorial de Simões Filho abriram um inquérito para apurar o assassinato e tentam agora, localizar o responsável pela morte. Até a publicação desta matéria, nenhum suspeito havia sido preso, nem a motivação do crime esclarecida.

A reportagem tentou entrar em contato com a 22ª Delegacia Territorial, mas a ocorrência ainda está andamento.