Simões Filho recebe o projeto “A Tenda o Verde” neste sábado (05)

Autor: Hora Notícia

Publicada em


 

FOTO: Marcelo Granda

Com a ideia de transformar espaços urbanos em hortas, a próxima parada do projeto “A Tenda o Verde” será em Simões Filho. O encontro acontecerá neste sábado (05.05), na Praça da Bíblia, no Centro da cidade, às 9h. A equipe técnica vai apresentar orientações de como implantar uma horta desde o primeiro passo, até dar dicas de procedimentos referentes à produção das hortaliças, a escolha do local, do substrato, das espécies a serem cultivadas, assim como a determinação da época de plantio e dos cuidados a serem tomados com o solo.

Na ocasião serão distribuídas sementes de tomate cereja, quiabo, abóbora, coentro e alface como incentivo à implantação da horta. Além disso, mudas de espécies nativas do bioma da mata atlântica, como cássia rosa, sibipiruna, pindaíba, aroeira e ipê rosa serão doadas. Pensado pela Fundação Verde Herbert Daniel (FVHD), o projeto é coordenado pela socióloga e especialista em educação ambiental, a Professora Vânia Almeida.

O desenvolvimento de uma horta urbana traz diversos benefícios pessoais e para a coletividade. Permite a economia financeira, fornecem alimentos muito mais saudáveis do que os colhidos em plantações convencionais, já que geralmente não levam agrotóxicos nem são organismos geneticamente modificados (OGMs), proporciona o contato direto com a natureza e diminui a sensação de viver numa cidade concretada e poluída.

O projeto levará sua Tenda para 12 cidades da Bahia e, após ter passado por Salvador e com próximo destino Simões Filho, ainda receberão o projeto Camaçari, Vitória da Conquista, Jequié, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Jacobina, Irecê e Juazeiro. Segundo o presidente da instituição, Ivanilson Gomes, as hortas urbanas promovem a agregação de pessoas em torno de soluções inovadoras e sustentáveis para as cidades. “As hortas facilitam o convívio social, promove um ambiente saudável pela transformação dos espaços ociosos e melhora a qualidade dos hábitos alimentares”, explica.