Simões Filho receberá Fogo Simbólico – Veja programação completa dos festejos pelo 2 de Julho

A tocha vai refazer o percurso dos soldados do Batalhão Libertador.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Foto: Simões Filho Online

As comemorações do tradicional desfile do Dois de Julho, que celebra os 194 anos da Independência do Brasil na Bahia, começam na sexta-feira (30), quando o fogo simbólico sai da cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano. Este ano, o fogo será conduzido por atletas baianos e soldados do Exército pelas cidades do Recôncavo. A tocha vai refazer o percurso dos soldados do Batalhão Libertador. O 2 de Julho é a data cívica mais importante para a Bahia.

Neste sábado (1) a tocha do Fogo Simbólico trazida por atletas passará por Simões Filho, na região metropolitana de Salvador.  A solenidade vai acontecer no Pavilhão do Fogo Simbólico situado no centro da cidade.

O Fogo Simbólico entra em Simões Filho porque em Água Comprida nos idos de 1823 entre outros engenhos e usinas possuía o Engenho Novo. O Fogo Simbólico entrou em Simões Filho pela primeira vez em 1962 e só pernoitou no município só uma vez.

Os atletas e comitiva serão recepcionados ao som de fanfarras simõesfilhenses. Ainda no ato, as bandeiras serão hasteadas ao som do Hino da Independência da Bahia e pelas mãos dos atletas do município, a tocha seguirá até Salvador para abrir as comemorações do 2 de julho. O horário do evento ainda não foi divulgado.

Antes de chegar a Salvador, a Tocha passa por cidades da região metropolitana como São Francisco do Conde, Candeias e Simões Filho e do recôncavo baiano como Saubara, Santo Amaro da Purificação e Cachoeira.

Programação

O fogo deve chegar em Salvador, no Largo de Pirajá no dia seguinte (1º), por volta das 16h, quando haverá o acendimento da pira e a colocação de flores no túmulo do General Labatut. Antes, às 9h, será realizado o “Te Deum”, na Igreja de São Pedro dos Clérigos, no Terreiro de Jesus, que vai homenagear a historiadora Consuelo Pondé de Sena, que dedicou a vida à luta pela preservação e valorização do Dois de Julho.

Veja a programação do Dois de Julho em Salvador

6h Alvorada com queima de fogos na Lapinha

9h  As bandeiras do Brasil, da Bahia, de Salvador e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB) são hasteadas sob a execução do Hino Nacional pela Banda de Música da Marinha do Brasil. Em seguida, os carros emblemáticos do Caboclo e da Cabocla são entregues pelo presidente do IGHB, Eduardo Morais de Castro, para que desfilem pelas ruas do bairro da Liberdade, Santo Antônio Além do Carmo, Pelourinho e Avenida Sete de Setembro em direção ao Largo Dois de Julho (Campo Grande)

9h30  O cortejo que acompanha os carros do caboclo e da cabocla sai da Lapinha

17h  A comemoração é encerrada, no Campo Grande, em ato simbólico de hasteamento das bandeiras do Brasil, Bahia e Salvador, colocação de coroas de flores no monumento ao 2 de julho pelas autoridades presentes e acendimento da Pira do Fogo Simbólico pelo atleta cabo da Polícia Militar da Bahia, José Francisco Rodrigues