Simões Filho: Sem casa, casal, uma criança de 2 anos e um recém nascido de 22 dias, dormem na rua em meio ao frio

Autor: Redação

Publicada em


Uma família – um casal e mais dois bebês dormem em meio ao frio e a falta de esperança, no centro de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). No local, onde quase não há movimento de pessoas a noite, uma garrafa pet com água, panos e papelões. Essa é a composição do cenário onde a família está vivendo na Avenida Altamirando Araujo Ramos, próximo ao Anexo da Secretaria Municipal de Saúde.

Acostumados aos olhares indiferentes dos que passam, eles carregam histórias tristes e conflituosas que dificilmente ganham voz no meio da multidão.

O homem, Diego dos Santos, de 28 anos, a mulher, Viviane do Amparo Santos, de 15. Os filhos, um menino de dois anos e um recém nascido de 22 dias, que ainda não foi registrado.

O casal está junto há cerca de três anos. Antes de ir para as ruas, eles moraram em uma casa de aluguel, da qual teve que sair, por falta de pagamento. Segundo o casal, eles estão desempregados e não tem condições financeiras e pedem ajudar para continuar sobrevivendo.

Diego e Viviane afirmam que está tentando sair dessa situação, mas admite que é muito complicado. Segundo eles, geralmente, as pessoas julgam pela aparência e acaba complicando ainda mais a situação.

Comovido com a situação do casal e dos dois filhos, o Brigadista Motta, foi quem prestou o primeiro apoio. Ele conseguiu um colchão e um cobertor para que eles passassem a noite.

Em contato contato com o Simões Filho Online, Motta pede que quem puder ajudar com lanches, edredom, biscoitos, leite, fraldas, roupas para o bebê de dois anos e o recém nascido de 22 dias, entre contato por meio do telefone 71 99160-9664.

MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO