Tarde é marcada por tiros e três mortes em apenas quatro horas em Simões Filho

Os 82 primeiros dias de 2017 em Simões Filho já chega a 40 assassinatos.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Três homicídios foram registrados no intervalo de quatro horas, na tarde desta quinta-feira (23), em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Segundo a Secretaria de Segurança Pública – SSP, os homicídios ocorreram na Coroa da Lagoa, Cia e Jardim Renatão. Os registros engrossam a estatística de homicídios em Simões Filho, que, somente nos 82 primeiros dias de 2017, já chega a 40 assassinatos. No ano passado, em 90 dias teve 16 mortes.

O primeiro homicídio aconteceu no inicio da tarde desta quinta-feira (23). Por volta das 13h, no bairro Coroa da Lagoa, um jovem de pre-nome Bruno, foi assassinado a tiros. A vítima estava com os pés e as mãos amarradas, um claro indício de que foi levado para o local pelos atiradores. De acordo com informações da polícia, Bruno foi pego por elementos armados. O jovem foi amarrado e levado para uma rua – onde foi executado com 3 tiros na região da cabeça. Saiba mais detalhes aqui

Ainda na tarde desta segunda-feira, por volta das 16:40, um policial aposentado foi assassinado a tiros nas proximidades da própria casa onde morava. Segundo informações da Polícia, Jucelino Velame Simões, 45 anos, foi executado com vários tiros próximo a entrada de sua residencia, localizada na Cepel, em um loteamento próximo a Ceasa, no CIA. Os atiradores também usaram uma pedra para atingir o policial no rosto. Saiba mais detalhes aqui

O último homicídio desta quinta aconteceu por volta das 17h, na localidade do Areal, no bairro Jardim Renatão. De acordo com os levantamentos preliminares da cena do crime, Dálton Nunes Barbosa Ramos, 33 anos, conhecido como “Pinga” foi alvejado com tiros na cabeça. Segundo a polícia, Dálton morava no Bairro Parque Continental. No momento do crime, ele estava trabalhando com sua caçamba, quando foi surpreendido por um suspeito armado. Saiba mais detalhes aqui

Quer saber mais notícias de Simões Filho? Acesse aqui.