Violência explode em Simões Filho: três assassinatos em 24 horas

Depois de uma calmaria, pelo menos aparente nos três primeiros meses do ano, abril começa a mostrar a cara da violência em Simões Filho

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Homicídios, assaltos, execuções e a população fazendo justiça com as próprias mãos. Essa é a realidade constatada diariamente em Simões Filho devido à falta de uma política clara de investimentos por parte do Governo do Estado na área da segurança pública e educação.

Nos últimos dias, alguns acontecimentos levantaram debate no meio da sociedade e mostram que o governo está omisso diante do descaso que vem ocorrendo.

O medo e a desconfiança são constantes entre a população, principalmente à noite, quando pouca gente se aventura a sair à rua. Como em milhares de periferias do Brasil, a de Simões Filho é palco de uma batalha onde vulnerabilidade social e as drogas formam uma combinação explosiva.

Três assassinatos só nas últimas 24 horas em Simões Filho

Após dois homicídios, um no domingo (10) e outro na segunda (11), nos bairros Estrada de Candeias e Cristo Rei, respectivamente, Simões Filho registrou mais 3 assassinatos nas últimas 24 horas.

PRIMEIRO ASSASSINATO
Um jovem foi morto a tiros no Bairro Luís Eduardo Magalhães, conhecido como Barreiro, localizado próximo ao Centro.

De acordo com informações enviadas a redação do Simões Filho Online, o crime ocorreu por volta de 12:00. O rapaz de identidade desconhecida foi alvejado por diversos disparos de arma de fogo após ser abordado por homens a bordo de uma motocicleta.

Populares comentaram que o crime pode ter sido motivado por vingança, mas a polícia ainda não tem pistas dos autores. O jovem recebeu cerca de quatro tiros.

A vítima que não resistiu aos ferimentos, chegou a ser socorrido por uma guarnição da Polícia Militar para Hospital Municipal de Simões Filho.

BANHO DE SANGUE

Já na noite desta terça-feira (12), um rapaz identificado como Antonio Bonfim de Jesus, de 33 anos, foi executado com vários tiros. O crime ganhou repercussão pela brutalidade de seus executores.

Antonio foi atingido por diversos tros na região da cabeça, costas e perna. De acordo com informações da polícia, o crime ocorreu por volta das 18:30, na Avenida Washington Luís, mais conhecida como Estrada de Candeias, nas proximidades do Colégio Estadual Regina Simões Filho.

Populares informaram que a vítima trabalhava como vendedor no mercado municipal de Simões Filho.

Não há informações sobre a autoria e motivação do crime. A 22ª Delegacia Territorial (DT/Simões Filho) deve investigar o caso.

OUTRO CRIME NO BARREIRO

O último registro de homicídio feito pelo polícia aconteceu no final da manhã desta quarta-feira (13). Um homem foi morto no Barreiro, bairro que fica próximo ao centro da cidade.

A vítima identificada pelo nome de Bruno Santos Andrade, de 34 anos, foi assassinado a tiros por volta das 11:30.

Segundo a polícia, o crime ocorreu na Rua Manoel Dias da Silva, nas proximidades da Escola Semear.

Populares informaram que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos.  O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues em Salvador.

Os Crimes de homicídios registrados em Simões Filho já estão sendo investigados por agentes do Setor de Investigações da 22ª Delegacia Territorial de Simões Filho.

VEJA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO