Sindicato mantêm indicativo de greve em Simões Filho por falta de pagamento da Prefeitura

A Prefeitura de Simões Filho ainda não pagou a empresa que presta o serviço.

Autor: Redação

Publicada em


SIMÕES FILHO: Servidores efetivos podem aderir ao Desligamento Voluntário; confira os benefícios
Foto: Divulgação

O prefeito de Simões Filho, Diogenes Tolentino – Dinha (MDB), vai ter que correr contra o tempo se quiser evitar que o sindicato responsável pela empresa que realizar o transporte escolar e universitário entre em greve a partir desta terça-feira (23/10).

O sindicato da categoria, SINDROD – Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo, Rodoviário, Urbano, Fretamento, Turismo e Locadora da Região Metropolitana, resolveu manter o indicativo de uma paralisação para protestar contra a falta de pagamento para a empresa que presta o serviço. A paralisação foi divulgada pelo presidente da categoria, com exclusividade pelo SIMÕES FILHO ONLINE, na manhã do último sábado (20/10).

Na manhã desta segunda-feira (22/10), o sindicato aproveitou a oportunidade para corrigir uma informação. O órgão informou que a Prefeitura Municipal de Simões Filho está devendo dois meses – agosto e setembro, e não três meses como o sindicato havia divulgado inicialmente.

“Amanhã estarei em Simões Filho, se por acaso não pagar nós vamos ter que parar o transporte. Até agora a prefeitura não pagou. Deve ter alguém com empecilho lá dentro, porque a documentação já entregou tudo direitinho. A Prefeitura está devendo dois meses. Como é que uma prefeitura dessa diz que tem dinheiro e não paga? Estaremos ai na porta da prefeitura nesta terça-feira (23/10)”, disse o presidente do sindicato Daniel Ferreira com exclusividade ao SIMÕES FILHO ONLINE.

O SIMÕES FILHO ONLINE entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Simões Filho, mas o órgão parece não existir. Até o momento não deu nenhum posicionamento sobre o caso.

Confira a nota enviada com exclusividade ao SIMÕES FILHO ONLINE

O SINDROD – Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo, Rodoviário, Urbano, Fretamento, Turismo e Locadora de Simões Filho, Camaçari e Região da Bahia vem informar a todos Rodoviários e a População Geral que, tendo em vista que a PREFEITURA DE SIMÕES FILHO ainda não efeituou o pagamento das faturas em aberto da empresa SD Tour Transporte e Turismo, que realiza o sistema de transportes dos Universitários e Professores no município há dois meses (agosto, setembro), gerando atraso no pagamento dos funcionários.

O presidente do SINDROD esteve nesta quinta-feira(18/10/2018), conversando com a Ouvidoria Geral do município, para tentar solucionar esse empasse, que garantiu sanar a pendência.

Caso a prefeitura de Simões Filho não efetue o pagamento até terça-feira (23/10/2018), será decretada paralisação do sistema de transportes dos Universitários e Professores.