Suspeita de assassinar marido na Bahia se apresenta, confessa o crime e não fica presa

Autor: Aratu Online

Publicada em


Do Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online.

A suspeita de matar o marido no município de Bom Jesus da Lapa, a 752 km de Salvador, se apresentou à polícia. Patrícia Gomes Lessa, de 25 anos, esteve na delegacia por volta das 11h desta quarta-feira (27/12) acompanhada do advogado. O crime aconteceu na noite de segunda-feira (25/12) e vitimou Rodrigo de Oliveira Loureiro, 37.

“Ela disse que estava sendo ameaçada e, em um determinado momento da discussão, pegou a faca e desferiu contra Rodrigo”, contou, ao Aratu Online, o delegado plantonista responsável por registrar o caso, Antônio de Albuquerque César. Ainda de acordo com ele, apesar de confessar o homicídio, Patrícia não ficou presa.

Questionado se a Polícia Civil pretende formalizar um pedido de prisão, Antônio disse que depende de alguns fatores. “Agora, as investigações ficarão sob o comando do delegado titular de Bom Jesus da Lapa. Como tudo ainda está em curso, não posso comentar qual será o próximo passo”, finalizou.

CRIME

Tudo aconteceu na residência onde o casal morava. A polícia apurou que,  momentos antes do crime, os dois estavam em uma festa na casa de amigos, onde haviam discutido. Após o desentendimento, Rodrigo retornou sozinho para a casa. Em seguida, Patrícia conseguiu uma carona e voltou para o imóvel.

Ouvidas, as pessoas que participavam da festa não souberam informar o motivo do desentendimento ocorrido entre os dois, já que a discussão se deu na garagem do imóvel, onde só eles estavam. Segundo os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), Rodrigo levou entre sete e nove facadas, morrendo na hora.