“Tem uns caras na minha cola. Tá barril”, disse o morador de Simões Filho antes de desaparecer – OUÇA ÁUDIO

Autor: Redação

Publicada em


Um homem que saiu de São Paulo de ônibus para voltar para casa dos familiares em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador (RMS), continua desaparecido. Antes de sumir, José Carlos dos Santos Nascimento, de 39 anos, enviou uma mensagem enviada pelo WhatsApp para um irmão dizendo que estava sendo seguido e estava se sentindo ameaçado por dois homens. [Ouça o áudio no final da matéria]

De acordo com com os parentes, na última semana, José Carlos entrou em contato com a família e informou que havia pedido as contas do trabalho e que estaria retornado para Simões Filho. Ele saiu de São Paulo no dia 16 de abril e deveria ter chegado ao destino dois dias depois.

O último contato dele com a família aconteceu no dia 17 de abril, ao desembarcar na rodoviária de Vitória da Conquista. Na ocasião, mandou a mensagem para o irmão, Valfredo dos Santos, por meio do WhastApp. Depois embarcou em um ônibus para cidade de Poções.

“Tô em Vitória da Conquista. Tem uns caras na minha cola. Tá barril”, escreveu José Carlos na mensagem enviada ao parente.

(Foto: Reprodução/TV Sudoeste)

Preocupados com o sumiço do rapaz, familiares de José Carlos saiu da cidade de Simões Filho e foram até Poções. No município localizado no sudoeste da Bahia, a família conseguiu com a polícia imagens de uma câmera de segurança que mostram José Carlos sentado no Terminal Rodoviário da cidade. As imagens também mostram que ele esta vestindo uma bermuda vermelha e casaco cinza.

José Carlos foi visto pela última vez na rodoviária de Poções. (Foto: Reprodução/TV Sudoeste)

Os parentes também recuperaram a mochila do homem, com todos os pertences dele, mas até então ele não chegou em sua residência em Simões Filho e não se sabe informar o seu paradeiro.

Os familiares acreditam que ele pode ter tido um surto. Ouça o áudio de Valfredo dos Santos, explicando sobre o desaparecimento do irmão de José

A polícia orienta que quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro de José Carlos ligue para o Disk Denúncia, que atende através do telefone 181. Não é preciso se identificar.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO