Temer fala pela primeira vez sobre caso Geddel

Autor: Web

Publicada em


O presidente da República, Michel Temer (PMDB), falou pela primeira vez sobre o caso do agora ex-ministro baiano Geddel Vieira Lima (PMDB), que teria pressionado Marcelo Calero, ex-ministro da Cultura, para que interferisse no Iphan e liberasse a obra do La Vue, na Ladeira da Barra, em Salvador. Calero também disse que foi pressionado por Temer para que solucionasse o caso.

O chefe do Palácio do Planalto negou ter agido em benefício do ex-ministro da Secretaria de Governo.

Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, o presidente afirmou que não defendeu interesses particulares ao sugerir que o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero acionasse a AGU (Advocacia-Geral da União) para resolver as divergências entre o Iphan da Bahia e o Iphan nacional, subordinado ao Ministério da Cultura.

O Iphan da Bahia havia dado aval para a construção do empreendimento em que Geddel comprou apartamento, mas o Iphan nacional negou o pedido por existir risco a demais prédios no entorno. As informações são do jornal Agora.