Tiros, pânico e correria em Simões Filho -Jovem é morto com vários tiros dentro de condomínio

Crime aconteceu em um horário de bastante movimento no local e gerou pânico.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


População socorrendo o jovem, após assassinato em Simões Filho, na tarde desta quinta-feira (03)

O crescimento da violência em Simões Filho tem assustado a população da cidade de 138 mil habitantes. Ocorrências de homicídios voltaram a ficar em alta no município. Somente nas últimas 24 horas 4 homicidios e uma tentativa foram registradas pela polícia .O último caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (03).

Um jovem identificado como Demério Bastos Santos Neto, conhecido como “Girafa” ou “Netinho”, foi assassinado com vários tiros dentro do condomínio Residencial Bela Vista, do “Minha Casa, Minha Vida”, localizado Jardim El Dourado, na Rua Maceió, na região do KM 25. O crime aconteceu em um horário de bastante movimento no local e gerou pânico e correria entre moradores da comunidade. Assustadas com a quantidade de tiros, algumas testemunhas disseram que por um milagre ninguém mais foi atingido por balas perdidas. Porém, marcas da violência podiam ser vistas no prédio em que aconteceu a execução.

Chocada com o crime, uma moradora relatou momentos de desespero. “Mataram um menino aqui na nossa porta. Eu ia lá embaixo lavar o tapete, quando eu só vi o menino pedido socorro e a bala comendo atrás de mim. Eu tô desesperada, o prédio é sangue puro. Ele pediu para eu abrir a porta, mas eu não pudia abrir – eu não podia abrir”, desabafou em planto.

Ninguém no codomino deu informações à polícia sobre os atiradores ou a motivação do crime. “Eu tive que me jogar no chão, foram mais de 15 tiros. Foram muitos tiros”, contou outro morador.

De acordo com a central de policias, o crime aconteceu quando um grupo de homens fortemente aramados invadiu o condomínio em que a vítima morava e realizou disparos contra ele. Domício foi atingido por cerca de 10 disparos que acertaram a cabeça, tórax e outras partes do corpo. Ele ainda tentou correr mas foi alcançado pelo atiradores.

Ao chegar no local, a polícia foi informada que a vítima havia sido levada para o Hospital Municipal de Simões Filho, mas já chegou sem sinais vitais na unidade hospitalar. O corpo do jovem deve ser transferido para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, na capital baiana, para a realização de pericia.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO

As circunstâncias e autoria do crime ainda são desconhecida. O caso será investigado pela 22ª Delegacia Territorial (DT/Simões Filho).

Ondas de crimes

Da noite de domingo (30) para segunda (31), dois ônibus foram incendiados em Simões Filho 1. O corpo de um homem foi encontrado no distrito de Mapele, e apresentava marcas de tiros. Já na noite desta quarta-feira (02), um mototaxista foi assassinado ao ter a casa invadida no bairro da Pitanguinha Nova. O empilhador e mototaxista Valdir Cruz de Oliveira, 40 anos, foi morto a tiros em casa, no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), após um jovem que estava em fuga entrar no local para se abrigar. O caso aconteceu por volta das 19h, na Praça Nova Pitanga, no bairro de Pitanguinha Nova. Outras duas pessoas morreram na mesma situação, de acordo com a Polícia Militar.

Segundo informações dos familiares de Valdir, que preferiram não se identificar, Lucas Moab da Silva Santana, 22, morreu na cozinha da casa, com vários tiros, mas ainda não está claro como ele conseguiu entrar na residência da vítima. Saiba mais sobre o caso.