Toque de Recolher em Simões Filho: Decreto estadual prorroga medidas até 19 de julho

Toque de Recolher em Simões Filho: Decreto estadual prorroga medidas até 19 de julho
Toque de Recolher em Simões Filho: Decreto estadual prorroga medidas até 19 de julho

Toque de Recolher em Simões Filho: Decreto estadual prorroga medidas até 19 de julho .

Com o objetivo de combater ao avanço do novo Coronavírus, promover a redução na curva de infectados e evitar o colapso no sistema Único de Saúde (SUS), o Governo do Estado por meio do decreto 22.941, prorrogou as medidas restritivas de circulação noturna “Toque de Recolher”, das 18h às 05h. A determinação é uma decisão conjunta das cidades que compõem a Região Metropolitana de Salvador (RMS) e o Governo do Estado da Bahia.

>Simões Filho registra novas infecções e chega 1091 casos da Covid-19

Em Simões Filho, a decisão foi reforçada através da prorrogação do decreto municipal de nº 467/2020, que permanece em vigor até 19 de julho e entre as determinações, contidas no documento estão:

A proibição da circulação e a permanência de pessoas nos parques, praças públicas municipais, ruas e logradouros, sendo permitida apenas a saída para serviços de saúde, farmácia ou situação de urgência comprovada.

Vale ressaltar que lojas, escritórios, postos de combustíveis e serviços essenciais também permanecerão fechados durante o horário de limitação de locomoção, com exceção das farmácias 24 horas e unidades de atendimento à saúde.

>Receita com alho e mel que ajuda a modelar o corpo – veja como tomar

Das 5h às 17h, continua autorizado o funcionamento de prestadores de serviços essenciais, como farmácias, supermercados, hipermercados, mercearias, unidades de saúde, serviços de segurança privada, cuidados com animais, bancos, lotéricas, estabelecimentos voltados à alimentação, limpeza pública, manutenção urbana, transporte público, postos de combustíveis, distribuidoras de água e gás, energia, saneamento, funerárias e imprensa.

O toque de recolher dura até o dia 19 de julho e a iniciativa também é válida para as cidades de Camaçari, Candeias, Dias d’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Mata de São João, Pojuca, que fazem parte da RMS, além de Conde e Terra Nova.

A iniciativa é executada de modo intersetorial e as equipes da Secretaria de Ordem Pública (Semop), Secretarias Mobilidade Urbana (Semob), Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano (Sedur), Fazenda (Sefaz), Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Polícias Civil, Militar, estão nas ruas fazendo valer o decreto.

Veja mais