Tragédia: Incêndio na Pague Menos deixa 5 mortos e 14 feridos em Camaçari

Autor: Com informações do Correio e Camaçari Notícias

Publicada em


Incêndio deixou 3 mortos e 14 feridos em Camaçari (Foto: Sheila Barretto/Camaçari Notícias))

A Defesa Civil acaba de informar que mais dois corpos foram encontrados sob os escombros na farmácia, aumentando para cinco o número de vítimas fatais. Dentre eles, um parece ser de uma criança, devido ao tamanho dos pés. Mais cedo, o Major Lanusse Araújo Andrade, comandante do Corpo de Bombeiros, havia informado que três pessoas haviam morrido e 14 ficaram feridas.

Veja cenas do incêndio:


Três corpos foram removidos pelo Departamento de Polícia Técnica por volta das 19h. Os trabalho de resgate continuam, pois ainda há uma grande quantidade de escombros, devido ao desabamento da laje. A possibilidade de encontrar mais vítimas não foi descartada. A identificação só será possível através de exames de DNA ou da arcada dentária, pois os corpos ficaram carbonizados.

Quatros vítimas em estado grave foram encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE) em Salvador. Segundo o secretário de saúde do município, Washington Couto, das vítimas em estado grave, duas vítimas foram lavadas para Salvador de helicóptero e as outras duas de ambulância.

Vazamento de gás pode ter provocado explosão e incêndio em farmácia de Camaçari

“Existia um serviço de manutenção no mezanino da farmácia e provavelmente foi em virtude dessa explosão do mezanino que fez desabar toda laje. Após a explosão, teve o incêndio. Primeiro a explosão, o desabamento e em seguida o incêndio”, diz. “Obviamente pode ter acontecido (vazamento de gás). Era um serviço de solda”, explica.

Os bombeiros não sabem quantas pessoas estavam na farmácia no momento. Os cincos mortos tiveram os corpos retirados dos escombros hoje, o último deles às 19h10 – as chamas foram contidas no final da tarde. Os bombeiros seguem fazendo buscas no local, para se certificar de que não há mais vítimas. Os corpos estavam carbonizados e não foram identificados até o momento. Um cachorro ajudou a localizar um dos corpos.

Segundo o major, foi um trabalho de combate às chamas complicado. “O fundo da farmácia é de difícil acesso. Não houve nenhum problema com água”, afirmou. Um carro-pipa da Embasa foi enviado ao local para ajudar no trabalho.

A denúncia de falta de água partiu de algumas testemunhas. Leriane Neves, gerente de uma ótica próxima, foi até o local para tentar ajudar. “Fiquei sabendo que era farmácia, aí eu tenho amiga, eu vim correndo para ver se tinha acontecido algo com ela. Quando eu cheguei, já tinham dado socorro a ela. Aí a gente começou a ajudar pessoas”, conta. Segundo ela, os bombeiros demoraram cerca de 40 minutos para chegar e a água acabou rapidamente. “Jogaram água, em menos de 10 minutos acabou. Fomos pegar na praça para ajudar, mas interditaram, não deixaram por motivo de segurança”, conta. “O Corpo de Bombeiros é muito próximo daqui, e demoraram 40 minutos para chegar”.

Além dos mortos, 14 pessoas ficaram feridas. Cinco foram para Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. As outras nove foram para o Hospital Geral de Camaçari, sendo que quatro foram transferidas posteriormente para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. O helicóptero do Graer, da Polícia Militar, ajudou, fazendo transporte de duas das vítimas em estado grave e as outras duas foram transferidas de ambulância. Segundo a Secretaria de Saúde de Camaçari, dois feridos já tiveram alta.

Em nota, a Pague Menos informou que lamenta o incidente e que se solidaria com a dor das vítimas. A assessoria informou que a empresa está prestando assistência às famílias e que está trabalhando junto com as autoridades para investigar a causa do acidente. “A segurança dos nossos funcionários e clientes sempre foi e sempre será de extrema importância para nossa companhia”, diz o texto.

Com informações do Correio e Camaçari Notícias