Mais barato que táxi: Uber chega a Salvador e começa a funcionar nesta quinta-feira

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


O aplicativo de solicitação de corridas Uber, que conecta motoristas cadastrados com o usuários através do celular, chega ao Salvador nesta quinta-feira (7), a partir das 14h. O aplicativo  já pode ser baixado nos celulares de forma gratuita. O serviço promete preços até 40% menores que em corridas de táxi comum, mas pode enfrentar problemas para circular já em seu primeiro dia.

Segundo o diretor de comunicação do Uber no Brasil, Fábio Sabba, o preço inicial da corrida será de R$ 2,50, o valor do Km rodado será de R$ 1,21 e o preço cobrado por minuto no veículo será de R$ 0,20. Atualmente, os serviços de taxis cobram R$ 4,81 pela bandeirada e R$ 2,42 por km rodado na bandeira 1 e R$ 3,38 na bandeira 2.

“O valor mínimo da corrida será de R$ 6 e deverá ser pago apenas com cartão de crédito cadastrado no aplicativo”, explicou.

Para regulamentar o serviço, a Uber no Brasil utiliza a Lei Federal 12.587/2012, que trata das atividades de transporte remunerado de passageiros, seja coletivo, escolar ou individual.O diretor de comunicação da Uber no Brasil, Fábio Sabba, defende a legalidade do serviço. “Os motoristas prestam serviço de transporte individual privado, que consta no segundo parágrafo da lei de Mobilidade Urbana. A gente não vê o Uber como uma competição com o táxi. Nossa ideia é de que existam várias plataformas para que o usuário deixe o carro em casa e use outras alternativas. Você aumenta o mercado existente, é diferente”, garante.

Os carros do Uber já operam em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Goiânia e Campinas. Recife é a oitava cidade no Brasil a aportar o aplicativo. Em várias cidades, o serviço gera polêmica: os taxistas acreditam que os motoristas do aplicativo competem pela clientela. Além de que, de acordo com a categoria, eles não pagam tributos ou possuem permissão para circular com passageiros.

O prefeito ACM Neto fez duras críticas ao serviço e promete aos taxistas tentar barrar o funcionamento na cidade. “Já me manifestei e quero repetir, inclusive me reuni ontem com o secretário Fábio Mota, sou contra o serviço do Uber porque ele passa ao largo de qualquer regulamentação”, disse o prefeito, durante a inauguração do Centro Unificado de Inclusão, Desenvolvimento, Assistência e Referência Social (Cuidar).

O Serviço Uber

O encontro entre o motorista e o usuário acontecerá por meio do GPS do celular. Ao solicitar um condutor, o aplicativo identificará o motorista mais próximo e enviará ao passageiro uma mensagem com nome, foto do condutor, modelo e placa do carro, além da média das notas atribuídas ao motorista em corridas anteriores.

Para se manter trabalhando através do sistema, o motorista deve manter uma média entre 4,7 e 5, que é a nota máxima. Os usuários também receberão uma nota pelo condutor, que ficará disponível apenas para o usuário e para o sistema, e poderão ser excluídos da plataforma caso cometam alguma forma de agressão contra o condutor.

Para reforçar a segurança do serviço, todos os condutores cadastrados no Uber são obrigados a apresentar a certidão de antecedentes criminais. Eles devem, também, possuir carteira de habilitação com permissão para exercer atividade remunerada e possuir documentação do veículo em dia.