“Vai passar o rodo”: Dinha deve retirar vendedores ambulantes das ruas de Simões Filho

Ambulantes deverão ser retirados e proibidos de trabalhar no centro.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Os vendedores ambulantes que ganham o pão de cada dia atuando no centro de Simões Filho deverão ser retirados e proibidos de trabalhar no local. A medida deve ser tomada pelo novo governo municipal, de Dinha Tolentino (PMDB), que se inicia no dia 1º de janeiro de 2017.

De acordo com fontes ligadas ao prefeito eleito, a medida deve ser feita em parceria com as polícia Militar e Guarda Municipal.

Apesar da polêmica sobre o assunto, o prefeito eleito ainda não falou sobre caso. Porém, a criação da Secretaria Municipal de Ordem Pública mostra indícios de que haverá uma varredura nas ruas com o objetivo de organizar a cidade.

Com a crise e o desemprego em alta, as especulações sobre a medida que deve ser tomada pelo novo prefeito já está deixando os ambulantes preocupados. “Sei que ele quer organizar a cidade, mas aqui, pais e mães de famílias sustentam suas casas com esse trabalho. Se a gente não puder vender, o que será de nós – vamos passar fome?”, questionou um dos ambulantes do centro.