Veja 10 motivos que fazem o beneficiário perder o Bolsa Família

Autor: Redação

Publicada em


O Programa Bolsa Família foi criado para combater a pobreza e a fome no Brasil. Mas muitos beneficiários acabam desconhecem algumas regras e acabam sendo surpreendidos com o Bloqueio, Suspensão ou um Cancelamento.

Confira abaixo os 10 motivos fazem o Bolsa Família ser bloqueio, Suspensão ou Cancelamento no Bolsa Família e fique atento para não perder o benefício.

1– NÃO MATRICULAR FILHOS

— Os responsáveis devem matricular as crianças e os adolescentes de 6 a 17 anos na escola. A frequência escolar deve ser de, pelo menos, 85% das aulas para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos e de 75% para jovens de 16 e 17 anos, todo mês.

2– NÃO JUSTIFICAR FALTA AS AULAS

— Para as situações em que as crianças ou os adolescentes tenham que faltar às aulas, é importante que a família informe o motivo na escola, que o marcará  no sistema  onde se registra o acompanhamento da frequência escolar, o Sistema Presença/MEC. Para isso, são disponibilizados  88 motivos no Sistema. O ministério da Educação e da Cidadania, monitoram a assiduidade dos beneficiários em idade escolar e caso haja falta, está sujeito a perder o benefício. Para conhecer a lista de motivos de justificativa das faltas, clique aqui

3– NÃO ATUALIZAR DADOS DA SAÚDE

— Crianças menores de 7 anos, mulheres de até 44 anos e gestantes devem sempre atualizar dados sobre a saúde para não perder o benefício.

4– NÃO VACINAR OS FILHOS

— Os pais devem levar as crianças menores de 7 anos para tomar as vacinas recomendadas pelas equipes de saúde e para pesar, medir e fazer o acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento.

5– NÃO FAZER O PRÉ NATAL

As gestantes devem fazer o pré-natal e ir às consultas na Unidade Básica de Saúde.

6– NÃO ATUALIZAR CADASTRO ÚNICO

Todos os benefícios do programa devem manter as informações do Cadastro Único do Governo Federal atualizadas e com as informações corretas. Qualquer mudança na condição familiar também precisa ser informada, inclusive a troca da criança de escola. Desta forma, quem não seguir esta regra tem o benefício cancelado, pois o governo realiza auditorias (pente-fino) regularmente para verificação todas as informações fornecidas pelas beneficiários.

7– NÃO INFORMAR NOVO ENDEREÇO

Qualquer mudança de endereço também precisa ser informado.

LEIA MAIS: Bolsa Família: veja datas de pagamento e valor do 13º com reajuste em 2020

8 – RENDA ALTA

Todo mundo sabe que só é permitido entrar no programa famílias com renda per capita mensal de até R$500,00. Portanto, quem tiver renda maior que esta pode ter o beneficio suspenso.

O Governo Federal conta com seis bases para cruzamento de dados: Relação Anual de Informações Sociais (Rais), Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Sistema de Controle de Óbitos (Sisobi), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape) e Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). Essa é justamente a verificação que permite descobrir quais famílias recebem renda acima da declarada e continuam inscritas no programa social.

9 – NÃO SACAR O BOLSA FAMÍLIA

O dinheiro do Bolsa Família só fica disponível apenas por 90 dias. Ou seja, quem não sacar o valor dentro desse prazo terá problemas como bloqueio, cancelamento ou suspensão. Vale informar que o prazo final é de seis meses e o desligamento é automático.

10 – NÃO COMPARECER RECADASTRAMENTO

Em alguns casos as famílias são convocadas a fazer o recadastramento. Isso pode ocorrer caso tenha chegado o prazo ou tenha alguma informação que mudou e você não fez a alteração. Leia sempre a mensagem no seu extrato de saques para ficar sabendo das convocações.

O que devo fazer se o meu Bolsa Família estiver bloqueado, suspenso ou cancelado?

Procure o setor responsável pelo Bolsa Família no CRAS – Centro de Referência de Assistência Social ou Prefeitura de sua cidade para verificar por que não recebeu o benefício. Lembre-se que para sua família continuar recebendo o Bolsa Família é preciso cumprir as regras do Programa.