Veja como não se endividar com as compras da Semana Santa

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Com a chegada do feriado da Semana Santa, muitas famílias se preparam para os gastos extras com os tradicionais produtos da ceia, além dos tão desejados ovos de Páscoa. O mestre em Controladoria e Finanças e professor dos cursos de Administração e Ciências Contábeis do Centro Universitário Estácio da Bahia, Alex Magalhães, dá dicas de como evitar dívidas com as compras deste feriadão.

O primeiro alerta feito pelo professor está relacionado ao uso do cartão de crédito. Para ele é importante não se empolgar na hora das compras ou com vantagens das compras parceladas. “Só vale a pena usar o cartão de crédito de forma parcelada para a compra de bens duráveis e não para bens de consumo como alimentos. Então procure sempre pesquisar preços e ofertas e efetue o pagamento à vista, a fim de conseguir um bom desconto”, afirma.

Sobre os ovos de Páscoa, Segundo o levantamento realizado pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA), o valor dos ovos de Páscoa pode ter uma variação de até 49% no comércio de Salvador. As justificativas no  aumento dos preços é principalmente devido a alta do dólar, já que entre 25% e 30% do cacau usado na produção é importado.

Como estratégia para economizar na compra dos produtos da ceia, uma boa opção seria a compra antecipada e utilizar produtos similares ou nacionais.  No caso dos ovos de Páscoa, o especialista acredita que a compra antecipada não é uma boa opção quando o assunto é preço. “Comprar antecipadamente é uma opção como estratégia para pesquisar os preços. Normalmente nestas épocas festivas, os preços dos produtos tendem a cair quando a data comemorativa se aproxima, pois as empresas não querem ficar com os estoques elevados”, comenta Magalhães.

Para quem vai deixar para comprar na última hora, o professor alerta para as avarias que podem ser encontradas nos produtos que ficam mais tempo nas prateleiras. Sendo assim, é necessário ter um pouco de paciência para garimpar os produtos em bom estado.