VEJA VÍDEO: Após 10 anos, sobrevivente vai à Arena Fonte Nova e acompanha jogo do Bahia

Chocado com a tragédia, o jovem havia prometido que jamais retornaria à Arena

Autor: Débora Souza

Publicada em


Foto: Reprodução

Do Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online.

Neste sábado (25/11) está completando dez anos que uma tragédia tirou o brilho de uma conquista do Esporte Clube Bahia no Estádio Octávio Mangabeira – a antiga Fonte Nova. Na tarde daquele domingo sete pessoas morreram, após o desabamento de parte do piso de um dos degraus da arquibancada, localizado no anel superior do estádio.

Em campo, Bahia e Vila Nova-GO, na terceira divisão do Campeonato Brasileiro travavam um duelo. O empate sem gols entre as duas equipes garantia a baianos e goianos o acesso à Série B, até que aos 35 minutos do segundo tempo aconteceu o inesperado.

Entre as vítimas que caíram de uma altura de 15 metros, um adolescente de 17 anos sobreviveu àquele momento de pânico e dor. Por conta das sequelas, Jader Landerson teve que fazer sessões diárias de fisioterapia. De segunda à sexta-feira, uma hora e meia de exercícios. “Foram dois anos, depois suspenderam e não fiz mais”, alega Jader, que acionou judicialmente o Estado por não ter recebido nenhum tipo pensão por conta do acidente.

Chocado com tudo que aconteceu, Jader havia prometido para si próprio que jamais retornaria à Fonte Nova, mas o velho torcedor do Bahia, aceitou o convite da TV Aratu e encarou um desafio: foi ver de perto, no último dia 12 de novembro, o seu clube do coração enfrentar o Atlético-MG, dessa vez, na nova arena. (Veja vídeo abaixo)