Vídeo: A dor de ver a própria mãe agonizando – Filho desesperado em Simões Filho – entenda

Autor: Jerffeson brandão

Publicada em


O choro pode ter vários significados diferentes: alegria ou dor, vitória ou derrota, heroísmo ou fraqueza. Para a moradora de Simões Filho, na região Metropolitana de Salvador, dona Creonilda Silva Queiros, de 59 anos, o choro está representando os momentos mais dolorosos de sua vida. Ela se encontra assim, em cima de uma cama, muito debilitada por não ter um bom plano de saúde e depender do SUS. Ela sofre de Cirrose hepática e precisa fazer um transplante de fígado urgentemente. O caso já é conhecido em várias partes do Brasil por conta dos vídeos compartilhados pelo filho na rede social Facebook. Um dos vídeos chegou a aproximadamente 4 milhões de visualizações.

Descaso:

Creonilda reside na Avenida Ruy Barbosa, centro da cidade, a pouco metros da Prefeitura Municipal e da Câmara de Vereadores de Simões Filho. O filho dela, Paulo Queiros, contou ao Simões Filho Online que todas as autoridades do Município conhecem o caso de sua mãe, porém, nenhuma ajuda foi oferecida.

Ela mora a poucos metros da Prefeitura Municipal e da Câmara de Vereadores de Simões Filho

Desabafo

“Devo ficar apenas esperando ou eu grito por ajuda? Não aguentamos mais esperar, ela esta sofrendo muito – estamos em uma luta muito grande – foi preciso uma liminar federal para conseguir internar minha mãe no hospital Roberto Santos. Agora, ela já está em casa sofrendo muito mais”.  Disse o filho.

Paulo contou ainda, que o MP expediu um oficio para Secretária de Saúde de Simões Filho e até o momento não conseguiu nenhum retorno.

“Aqui em Simões Filho, já entrei com uma ação contra o Município no Ministério Público; já cansei de ir até ao MP e não vou mais. Não posso perder mais tempo – já estamos cansados de ser barrados nos hospitais – aqui é muito devagar, se esperarmos ela morre. Estou disposto a ir até o outro lado do mundo se possível for, eu não vou desistir”. Desabafou Paulo.

Os médicos aconselharam a família de Creonilda a partirem para outro estado, fortaleza, Brasília ou São Paulo – lá os procedimentos são mais rápidos e o caso requer urgência. Conforme informações do filho.

Médicos desconhece as causas da doença

Geralmente, cirrose hepática é causada pelo consumo de álcool em excesso e o contágio por hepatite, principalmente hepatite C, aparecem como os principais fatores de risco para o problema. No entanto, no caso de dona Creonilda, nenhum dos fatores citados acima causou problema. A causas da doença da simõesfilhense ainda é desconhecida pelos médicos.

Corrida contra o tempo

A família de dona Creonilda tem corrido contra o tempo para conseguir custear o tratamento em outro estado. Para que a viagem e o tratamento se torne viável, a moradora de Simões Filho precisa mais do que nunca, da ajuda a ser arrecadada no bingo beneficente. O evento acontece no dia 12 de Abril.

Alem do Bingo, as pessoas também podem ajudar depositando qualquer valor em uma das contas abaixo:

PAULO JOSE QUEIROS SANTOS

AG 1580-6 – C/C – 17608-7 – BRADESCO- CONTA CORRENTE.

EVANILDA DA SILVA MOREIRA

AGENCIA – 2150 OPERAÇÃO – 013 C/P 32432-2 – CAIXA ECONOMICA FEDERAL

Para maiores informações ligue: (0xx71) 8605-3782

O vídeo abaixo mostra cenas de um filho fazendo um apelo para salvar a própria mãe. Assista.

Como é o tratamento da cirrose hepática?

O único tratamento definitivo e eficaz para a cirrose hepática é o transplante de fígado, mas também pode haver melhoras se for possível suspender o agente agressor que tenha originado a doença. E isso porque a capacidade regenerativa do fígado é muito grande: é possível ao órgão perder mais de dois terços da sua estrutura e a porção restante voltar a crescer até praticamente o tamanho normal. É algo semelhante ao que ocorre no transplante, em que o receptor recebe apenas uma porção do fígado do doador, que depois cresce. Como o transplante só está indicado em casos muito graves, nos outros casos deve-se tentar a detecção precoce e o tratamento das complicações, procedendo-se às intervenções necessárias.

Como evolui a cirrose hepática?

Se possível, as doenças que lesam o fígado devem ser tratadas antes que a cirrose se estabeleça. O diagnóstico precoce pode lentificar a progressão da cirrose ou até mesmo impedir o aparecimento dela.

A cirrose instalada causa sérias limitações físicas, alimentares e medicamentosas e pode evoluir para complicações graves como hemorragias digestivas, ascite, encefalopatias etc., e em casos graves pode terminar em morte.