Vitória é multado em R$ 100 mil; Veja como ficaram as punições do polêmico BA-VI

Autor: Aratu Online

Publicada em


Foto: Reprodução
Do Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online

Após mais de quatro horas de julgamento, o Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA) proferiu as sentenças dos envolvidos nos incidentes ocorridos na disputa do clássico BA-VI, disputado, até quando foi possível, nó último dia 18/2, no estádio do Barradão, em Salvador.

Veja como ficaram as punições:

E.C. Vitória – O time fo multado em R$ 100 mil por provocar suspensão do jogo causando prejuízo desportivo a terceiros

Vágner Mancini (téc. do Vitória) – Absolvido da acusação – Ferir ética disciplinar

Kanu (Vitória) – Suspensão de dez jogos por agressão e absolvição da acusação de ameaça

Yago (Vitória) – Suspensão de oito jogos por agressão

Denílson (Vitória) – Suspensão de oito jogos por agressão

Rhayner (Vitória) – Suspensão de oito jogos por agressão

Edson (Bahia) – Suspensão de oito jogos por agressão

Rodrigo Becão (Bahia) – Suspensão de oito jogos por agressão

Fernando Miguel (Vitória) – Absolvido da acusação de Ato hostil

Lucas Fonseca (Bahia) – Absolvido da acusação de ato desleal e hostil

Vinicius (Bahia) – Suspenso por duas partidas – Comemorar com gestos obscenos

Bruno Bispo (Vitória) – Absolvido da acusação – Ferir ética disciplinar

André Lima (Vitória) – Absolvido da acusação – Ferir ética disciplinar

Ramon (Vitória) – Absolvido da acusação – Ferir ética disciplinar

Mario Silva (supervisor do Vitória) – Absolvido da acusação – Ferir ética disciplinar