Vizinho é suspeito de executar atendente de farmácia achada morta nas dunas de Itapuã

Autor: Redação

Publicada em


Foto: arquivo pessoal
Do Aratu Online, parceiro do Simões Filho Online

Vizinhos e familiares da atendente de farmácia Dara dos Santos Cavalcante, 23 anos, disseram na manhã desta quarta-feira (2/1), que um vizinho é o suspeito de matar a jovem, encontrada sem vida nas dunas localizadas no bairro de Itapuã, em Salvador.

“Não sei o que esse miserável fez isso. Ele sempre ‘dava em cima dela’ porque o ex-namorado dela me disse. Ouvi uns boatos afirmando que Gabriel estava abraçado com ela antes de ir para as dunas”, disse a mãe de Dara, que não teve o nome divulgado. O enterro dela acontece na tarde desta quarta no cemitério de Pirajá.

Testemunhas chegaram a dizer que a atendente chegou a ser abusada sexualmente antes de ser assassinada. O homem apontado como autor do crime, também morador de Itapuã, não foi mais visto depois do caso, que aconteceu na última segunda-feira (31/12).

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) garante que Dara não foi estuprada antes de ser morta. A Polícia Civil também não confirma oficialmente que o autor do crime é o vizinho da vítima.