Vovó é presa com pés de maconha e diz: “Achei que fosse tomate”

Autor: Pesquisa Web

Publicada em


[RoyalSlider Error] No post attachments found.

Maria da Conceição, mais conhecida como dona Tita, surpreendeu os vizinhos e amigos ao ser presa em flagrante depois de uma denúncia anônima. Os policiais encontraram no terraço da casa da idosa 43 pés de maconha. Dona Tita morava nesta casa com o marido há mais de 40 anos e nunca escondeu a paixão pelas plantas. O que os vizinhos não sabiam é que a idosa também gostava de cultivar outra plantação: maconha. Dona Tita foi presa em flagrante após uma denúncia anônima e prestou depoimento à polícia. Ela se defendeu dizendo que não sabia que se tratava de droga, mas os oficiais não acreditaram no que ela disse.

— Eu creio que deve ser da terra que eu carrego. No lugar que eu pego a terra já foi uma grande favela, eu ponho terra na planta direto. Para a criminosa, o que ela tinha nos vasos era uma plantação de tomates.

— Ué moço, planta é planta. Eu não sou obrigada a saber que aquilo era maconha. Eu não estava esperando nascer nada, moço. Aquela plantação é recente, eu perguntei para outra pessoa que planta que era, e ela falou: “Não será daquele tomate de árvore?”.

VAGAS DE EMPREGO; CONFIRA!

O delegado que investigou o caso ressaltou que o cultivo não era tão recente assim, como relatou a criminosa.

— Este material aqui é o que foi apreendido nos vasos e nos jardins. Aproximadamente com um metro de altura. Provavelmente uns seis meses de cultivo.

Os 43 pés de maconha apreendidos serão destruídos pela polícia. Seu Sebastião, o marido de dona Tita, alegou à polícia que nunca desconfiou de nada. Ele não foi preso pois tem problema de visão e não consegue subir as escadas que dão acesso ao local onde a maconha foi encontrada. Essa não é a primeira vez que a idosa tem problemas com a polícia. Ela já foi presa e condenada por homicídio.

— Ela tem passagem, em Minas Gerais, por conta de um homicídio em 1963 e ficou três anos e oito meses presa.
Dona Tita foi presa em flagrante após a denúncia anônima e será encaminhada para algum presídio da região nos próximos dias.